bbw brunette reveals her tits. tamil xxx
sex videos

Espírito Aloha | Conheça a história da filosofia que se tornou lei no Havaí

Muito mais que uma saudação, o Espírito Aloha é uma filosofia que evoca a importância da vida em harmonia que tornou-se lei no Havaí
Mulher segurando um colar havaiano, conhecido com lei polinésio
Para além da conhecida saudação, “aloha” é uma filosofia que inspirou a criação de uma lei no Havaí. Foto: Reprodução

Embora “aloha” seja uma palavra muito usada para se dizer “olá” e “adeus” em havaiano, seu significado vai muito além de uma simples saudação.

Aloha, na verdade, é uma filosofia e um modo de vida. Tão caro aos havaianos que se tornou um conceito jurídico.

Veja também: Lei Polinésio, o colar que é um símbolo vivo de uma tradição milenar

Essa história tem início com um discurso apaixonado feito pela anciã e linguista de Maui, Pilahi Paki, aos líderes comunitários de todas as ilhas havaianas durante uma conferência realizada em 1970, chamada “Hawaii 2000”.

Era uma época de muita desavença entre as ilhas, e questões políticas como a guerra do Vietnã e o papel das minorias étnicas nos EUA geravam debates acalorados e protestos em todo país.

Paki fez um discurso emocionado sobre o Espírito Aloha, tratando-o como um código espiritual e cultural único de um Havaí que precisava se unir. 

Ela usou cada letra de ‘Aloha’ para aprofundar-se em seu significado. E esse discurso se tornou a base para a lei do Espírito Aloha do Havaí, que essencialmente exige respeito mútuo e bondade.

Pilahi Paki
O histórico discurso de Pilahi Paki apontou novos caminhos para os havaianos. Foto: Reprodução

A lei (Estatutos Revisados ​​do Havaí, seção 5-7.5) foi aprovada em 1986 e define aloha da seguinte forma:

§5-7.5 “Espírito Aloha”. (a) “Espírito Aloha” é a coordenação da mente e do coração dentro de cada pessoa. Traz cada pessoa para si. Cada pessoa deve pensar e transmitir bons sentimentos aos outros. Na contemplação e presença da força vital, “Aloha”, pode ser usado:

  • “Akahai” significa gentileza a ser expressa com ternura; 
  • “Lokahi”, que significa unidade, para ser expresso com harmonia;
  • “Oluolu”, que significa agradável, para ser expresso com prazer;
  • “Haahaa”, que significa humildade, para ser expresso com modéstia;
  • “Ahonui”, que significa paciência, para ser expresso com perseverança.

Apesar de ser considerada uma lei simbólica, isso não significa que não funcione – especialmente quando líderes políticos ou empresários saem da linha.

Espírito Aloha
Os ensinamentos sobre respeito mútuo e cordialidade devem ser transmitidos de geração a geração. Foto: Chris Sugidono / The Maui News

Em entrevista à rede de TV BBC de Londres, Dana Viola, procuradora-geral adjunta do Havaí, explica que a lei é virtualmente impossível de se aplicar ‘stricto sensu’ porque é uma filosofia que orienta um código de conduta e modo de vida. 

No entanto, todos os cidadãos e funcionários do governo do Havaí são obrigados a se comportar de acordo com esses preceitos.

Se uma empresa ou funcionário do governo não agir com o Espírito Aloha, eles podem perder negócios ou até serem punidos por meio de outras sanções legais aparadas conceitualmente pela lei do Espírito Aloha.

Ou seja, mesmo se tratando de uma filosofia, a lei pode ser evocada juridicamente e trazer consequências reais.

Pouco antes de falecer, Pilahi Paki teria dito que, com Aloha, e o respeito mútuo que isso acarreta, “Os havaianos têm o poder de salvar a cultura mundial”.

E, de fato, em tempos de polarização de ideias e “bolhas de internet” que estão tornando o mundo cada vez mais dividido e intolerante, aprofundar-se em uma filosofia que prega união e respeito às diferenças parece ser o melhor caminho a se seguir.

* Luciano Meneghello é autor do livro Raiz, uma viagem pelas origens do surfe, canoa polinésia, stand up paddle e prone paddleboard.
Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.

  • Mar e mana quadrado
    Paddles quadrado

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.