bbw brunette reveals her tits. tamil xxx
sex videos

Supunited: Jadson Santos é prata em competição virtual de SUP race

Realizada no último final de semana, a Supunited, competição virtual internacional de SUP race, contou com a participação de remadores de todos os continentes
Atual vice-campeão brasileiro, Jadson Santos é medalha de prata no Supunited.
Atual vice-campeão brasileiro, Jadson Santos é medalha de prata no Supunited. Foto: Arquivo pessoal

Com as restrições de locomoção e viagens decorrentes da pandemia da Covid-19, competições virtuais de SUP race têm ganhado destaque em todo mundo.

No último domingo (07) foi a vez da Supunited concluir sua primeira etapa com a participação de cerca de 300 atletas, de todos os continentes.

Entre eles, um destaque especial para o baiano Jadson de Jesus Santos, de 30 anos, que conquistou a medalha de prata na prova virtual. Já o ouro foi conquistado pelo neozelandês Matt Anderson.

Os atletas percorreram, cada um na sua cidade (em lagos, rios, mares ou oceanos), o percurso de 10 km.

A regra foi simples: publicações na rede social da prova indicando o momento de saída e chegada da prova; o envio do arquivo com o percurso (mapa) e tempo individual de cada atleta à organização do Supunited – coletado via relógio ou celular e a opção de realizar várias largadas, para computar o melhor tempo.

O brasileiense Matheus Vieira ficou com a 12ª colocação
O brasileiense Matheus Vieira ficou com a 12ª colocação. Foto: Arquivo pessoal

Atual vice-campeão brasileiro de SUP Race Profissional, Jadson, que é local da paradisíaca Itacaré, integra o Gold Paddle Team, equipe profissional de Stand Up Paddle em ascensão nacional e cujo treinador é Cláudio Moraes, de Salvador.

Além de Jadson Santos, que teve o tempo de 57 minutos e 54 segundos, outro integrante do Gold Paddle Team também obteve um resultado expressivo no Supunited: o brasiliense Matheus Vieira, 12º lugar com o tempo de 59 minutos e 53 segundos.

Ouro para o Brasil

Nas demais categorias, Gisele Motta (RS), Roseli Novloski,
Íris Azi e Jesus Ribeiro Jr fizeram bonito vencendo, respectivamente a River 10 km, Master+40 10 km, Master+50 10 km e Grand Kahuna +60 10 km.

Iris também foi a primeira colocada na categoria Lake 10 km.

Ao todo, 35 atletas brasileiros fizeram parte dessa primeira competição à distância – sendo que destes, 6 fazem parte do Gold Paddle Team.

Eventos virtuais de SUP e as oportunidades

Com as limitações impostas pelo período de quarentena, eventos virtuais ganharam projeção meteórica impulsionados por sites especializados e redes sociais.
Com as limitações impostas pelo período de quarentena, eventos virtuais ganharam projeção meteórica impulsionados por sites especializados e redes sociais. Foto: Reprodução

Eventos virtuais revelaram uma nova tendência e se tornaram uma oportunidade no mercado do Stand Up Paddle global – a tendência é de que novas provas nacionais e internacionais surjam nesse modelo que atende às exigências de isolamento em tempos de pandemia de coronavírus.

No caso da Supunited, a ideia de realizar esta competição partiu do holandês Michael Van Veen, que vive na Espanha.

Durante o período de quarentena, ele lançou um pequeno desafio de remada entre os amigos – que deu tão certo, mas que acabou se transformando em um esboço para a realização da Supunited.

No final de maio, outro evento virtual internacional, o SUP Nation Challenge, já apontava a força dessa vertente.

A prova, que também contou com forte participação de remadores do Brasil, reuniu 70 competidores de todas as partes do mundo e foi um sucesso.

No mês de julho a Molokai 2 Oahu, uma das mais importantes provas de travessia do mundo, prepara sua primeira edição virtual.

Gold Paddle Team

O time de atletas de SUP da Gold Paddle Team vem revelando talentos e mirando nas oportunidades que vão surgir no pós-pandemia, sobretudo na Europa, que já se prepara para realizar grandes competições a partir do segundo semestre de 2020.

Depois do SUP passar a integrar os jogos Pan-americanos em 2019 em Lima – e despontar como forte candidato a se tornar olímpico em futuro breve – a equipe composta por atletas da Bahia e do Distrito Federal treina forte para representar o Brasil nos eventos de peso.

O esforço de Cláudio Moraes é que, assim como ocorre com equipe brasileira de surfe, os atletas do Stand Up Paddle possam alcançar a liderança e o reconhecimento internacional – não apenas com a quebra de recorde de tempo, mas, sobretudo, com inovações no estilo técnico das remadas dos integrantes da equipe.

Para entrar em contato e saber mais sobre a equipe de Claudio Moraes visite: Intagram @goldpaddleteam.

Para conferir os resultados completos da primeira etapa da Supunited clique AQUI.
Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.

  • Mar e mana quadrado
    Paddles quadrado

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.