bbw brunette reveals her tits. tamil xxx
sex videos

10 paraísos brasileiros para você remar nesse verão

Conheça dez paraísos brasileiros escolhidos por nossa redação para você remar (e se encantar) neste verão!

Abençoado por uma natureza tropical e abrigando a maior reserva hidrológica do mundo, entre rios e lagos, o que não falta no Brasil são lugares incríveis para se remar.

Assim, com a chegada do verão, que coincide com o período de férias para muita gente, listamos 10 paraísos brasileiros que merecem ser conhecidos nesse verão. Confira:

Lençóis Maranhenses (MA)
Dez paraísos brasileiros para você remar
Dunas de areia branca e lagoas que surgem do dia para a noite são algumas das atrações dos Lençóis Maranhenses. Foto: Reprodução

Conhecido pela sua vasta paisagem desértica de grandes dunas de areia branca, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses é banhado por centenas de de lagoas sazonais formadas pela água da chuva e duas bem grandes, a Lagoa Azul e a Lagoa Bonita, que garantem aquela remada épica que ficará para sempre na memória.

O acesso é relativamente fácil, com boa infraestrutura para o turismo. Não há clubes de va’a ainda na região, porém, existem guias especializados em stand up paddle.

A agência de turismo “Espírito de Aventura” realiza expedições de SUP conduzidas por um Guia especializado  e um naturalista do Parque Nacional.

O passeio pode ser feito pelo Rio Preguiças, nas lagoas do Parque Nacional ou nas praias da região para explorar os habitats, vislumbrar a vida selvagem local e interagir com as comunidades ribeirinhas visitadas. 

Ilha de Boipeba (BA)
Dez paraísos brasileiros para você remar
Bem menos conhecida do que a vizinha Morro de São Paulo, Boipeba vale muito a visita! Foto: Sidnei Assis

O litoral da Bahia é tão belo que escolher um único lugar é quase uma missão impossível. Porém, um lugar realmente especial para remar e que oferece as mais variadas condições dentro de uma geografia privilegiada chama-se “Ilha de Boipeba”.

Localizada no município de Cairu, litoral sul da Bahia, Boipeba é bem menos visitada por turistas em comparação à vinha vizinha à ilha de Tinharé, onde está situado Morro de São Paulo. No entanto, surpreende a qualquer um que passe por lá.

Águas ora transparentes, ora verde-esmeralda, temperatura agradabilíssima, coqueiros a perder de vista na costa e um céu perfeitamente azul. Há ainda a opção de remada por entre estuários totalmente preservados e opções de se saborear uma deliciosa lagosta grelhada nos restaurantes locais, com direito a música ao vivo e aquela sensação de se sentir em outro planeta.

Uma vez em Boipeba, você está a cerca de 15 km de remada de Barra Grande, outro local paradisíaco que vale a pena conhecer (e remar!).

Superagui (PR)
Dez paraísos brasileiros para você remar
Mata Atlântica litorânea intocada e um povoado hospitaleiro fazem de Superagui um lugar único. Foto: Reprodução

Localizado na divisa litorânea entre os estados do Paraná e São Paulo, o Parque Nacional de Superagui é uma reserva natural que incluí a Ilha do Superagui, Ilha das Peças, Ilha de Pinheiro e a Ilha de Pinheirinho.

É uma região de natureza intocada e destino certo para quem busca tranquilidade. Existem opções de pousadas e campings que são geridos pelos locais, o povoado da Barra do Superagui, uma comunidade de pescadores descendentes de uma das primeiras colônias europeias do Paraná que vive em total comunhão com o lugar.

Pelas águas abrigadas do canal de Superagui é possível remar na companhia dos botos cinza e avistar aves como tucanos, guarás e gaviões a todo momento.

Praticamente todas as pousadas e comércio se encontram na ilha da Barra do Superagui, cujo acesso é feito de barco saindo de Paranaguá. É bom se informar antes sobre as dimensões de sua prancha e espaço disponível nas embarcações. Ou, para os mais dispostos, despachar a bagagem nesses barcos e já sair remando de Paranaguá. Para mais informações, clique AQUI.

Canyon do Xingó (SE)
Canyon do Xingó
Canyon do Xingó, um paraíso da remada no sertão nordestino. Foto: Ramon Ribeiro

Inaugurada em 1994, a represa do rio São Francisco, feita para o abastecimento da usina hidrelétrica de Xingó, transformou para sempre a paisagem árida do sertão nordestino.

As imponentes falésias da região, localizada entre os estados de Sergipe e Alagoas, outrora separadas por pequenos riachos, receberam, com a construção da represa, um colossal volume de água e transformaram uma paisagem, outrora agreste, em um verdadeiro oásis. A intervenção humana, felizmente, fez com que os cânions e as águas se integrassem perfeitamente.

Hoje, o Canyon do Xingó é um dos destinos turísticos mais procurados do Nordeste. São 65 Km de águas navegáveis contornadas por rochas de granito em tons de vermelho e cinza, tão lisas que parecem ter recebido polimento.  Algumas chegam a medir 50 m de altura e, em muitas partes, enormes fendas se abrem, proporcionando uma navegação alucinante por entre grutas banhadas pela água verde esmeralda do lago.

O local possui excelente infraestrutura turística onde é possível se hospedar desde pousadas luxuosas até opções mais modestas de acomodação.

O Xingó também já é bastante frequentado pela galera do stand up paddle nordestino, como a grupo SUPamigos de Aracaju (SE), que organiza expedições ao local desde 2013.

Angra dos Reis (RJ)
Dez paraísos brasileiros para você remar
A baía de Angra dos Reis dispensa apresentações. Foto: Pedro Weichert

Formada por 365 ilhas e mais de 50 praias a baía de Angra dos Reis dispensa apresentações e é um dos pontos turísticos mais visitados do Brasil.

Pelo fato de ser já tão conhecido, Angra não é exatamente uma novidade que cause surpresa nessa lista, porém, com essa combinação de águas cristalinas, montanhas, vida marinha abundante e incontáveis opções de remada, não dá pra deixar essa região fora da lista!

Uma pedida certa pra remar? Aposte sem medo nas Ilhas Bonitas! Parada obrigatória para quem está remando na região pela primeira vez.

Angra conta vários hotéis, resorts, pousadas e casas para aluguel por temporada. Hotéis de grandes redes também oferecem infraestrutura completa de lazer com vista para o mar.

Há também opções de aluguel de pranchas e expedições guiadas. Os irmãos Adolfo e Francisco são especializados nesses serviços e podem ser contatados pelos cels 21 997079907 e 24 999848684.

Ilha do Amor (PA)
Dez paraísos brasileiros para você remar
Ilha do Amor, em Alter do Chão (PA), está entre as dez mais bonitas do Brasil segundo o The Guradian. Foto: Daniel Aratangy / @caminhos.do.sup

Localizado às margens do Rio Tapajós e a 40 km de Santarém, no oeste do Estado do Pará, este vilarejo com 6500 habitantes ganhou fama internacional após o jornal britânico The Guardian eleger suas praias entre as 10 mais belas do Brasil.

É difícil acreditar que você está remando em água doce tamanha a imensidão do Tapajós e opções para remar não faltam, mas, entre tanta beleza, a Ilha do Amor é parada obrigatória para quem quer conhecer esse paraíso amazônico.

Pantanal Sul-Mato-Grossense (MS)
Remar pelo Pantanal Sul-Mato-Grossense
Remar pelo Pantanal Sul-Mato-Grossense é uma experiência única. Foto: Reprodução

Bonito (MS) é a cidade turística mais conhecida de Mato Grosso do Sul (e faz por merecer!), no entanto, por questões de preservação, muitos dos rios de águas cristalinos da região têm acesso restrito e controlado, em outras palavras, há pouquíssimas opções liberada para remada.

Mas, felizmente, o que não falta no Pantanal são opções incríveis de remada e muitas delas podem ser combinadas com uma estadia em algum dos muitos eco resorts que existem na região. Ou seja, uma “paddle-trip” completa.

Localizada no município de Miranda (MS), a pousada Refúgio da Ilha fica dentro de uma área gigantesca de pantanal de natureza intacta. Os donos do lugar se amarram em stand up paddle e estão prontos para fornecer altas dicas a seus hóspedes. Prepare-se para remar ao lado de araras, jacarés e até onças!

Ilha da Couves (SP)
Dez paraísos brasileiros para você remar
Mais “escondida” e um pouco mais afastada da costa do que sua vizinha, As Ilhas, a Ilha das Couves é uma agradável surpresa pra quem chega. Foto: Soren Knudsen / @mundooutrigger

Mesmo com toda a badalação e ‘hype’ em torno do litoral norte de São Paulo, São Sebastião ainda guarda recantos preservados e paradisíacos. 28 praias de beleza rara, areia branca e águas claras, entrecortadas pelas montanhas da Serra do Mar, bem próximas da maior capital do Brasil.

Maresias, a mais conhecida, é famosa por suas ondas e vida noturna intensa, sobretudo nos meses do verão. Mas há muito mais a se explorar. Para os amantes de uma boa remada, a região localizada entre Juquehy e Barra do Sahy, é a pedida certa.

A cerca de 1,5 km de distância da Praia da Barra do Sahy está localizada “As Ilhas”, que, na verdade é apenas uma ilha de praias intocadas, areia branca e água cristalina. Outra ilha da região muito visitada pelos remadores é a Ilha das Couves, que fica cerca de 2 km da costa.

Bem mais tranquila do que sua vizinha “As Ilhas”, muita vezes “invadida” por barcos e iates luxuosos, a Ilha das Couves possui uma vegetação bem mais fechada, porém, é perfeitamente atracável, abrigando uma pequena praia mais “entocada” e talvez por isso, passe despercebida pela maioria dos iates que circulam pela região sobretudo na temporada de verão.

Ilha do Campeche (SC)
Dez paraísos brasileiros para você remar
Não bastassem suas águas cristalinas e natureza intocada, a Ilha do Campeche abriga um parque arqueológico com inscrições rupestres com cerca de quarto mil anos. Foto: Antonio Gonzaga / @kanaloavaa

A Ilha da Magia não recebeu esse apelido por acaso. Oficialmente, Floripa abriga 42 praias, mas estima-se que o número real seja 100. Isso porque muitas delas estão isoladas por trilhas, costões enquanto outras surgem somente com as marés. Há, ainda, duas lagoas belíssimas para remar: A Lagoa da Conceição e a Lagoa do Peri.

Pra que curte surfar, sempre é possível encontrar uma valinha em algum canto da ilha, e, se a opção é a remada, a pedida certa é a Ilha do Campeche. Um paraíso tombado pelo Patrimônio Histórico e Paisagístico com acesso restrito a no máximo 800 pessoas por dia localizado a cerca de 1,5 km da Praia do Campeche, ao sul de Florianópolis.

A ilha guarda águas cristalinas, vegetação intocada e um sítio arqueológico com inscrições rupestres onde é possível ver as marcas deixadas pelos povos antigos que habitaram o lugar há cerca de quatro mil anos.

São Miguel dos Milagres (AL)
Dez paraísos brasileiros para você remar
São Miguel dos Milagres é, de fato, abençoado! Foto: Daniel Aratangy / @caminhos.do.sup

Quando falamos em Alagoas, fica até injusto nomear uma praia, tamanha a beleza desse litoral. No entanto, São Miguel dos Milagres é a pedida certa para quem quer fugir do turismo de massa e encontrar tranquilidade mesmo na alta temporada.

As praias de areia branca, sombreadas por coqueiros e águas verde-esmeralda, que reproduzem exatamente a imagem idílica de paraísos tropicais replicados em cartões postais, apaixonam à primeira vista.

Todas são protegidas por recifes que formam piscinas naturais bem próximas da costa. Há, ainda, rios que banham a região habitados por peixes-boi que não raro fazem companhia aos remadores.

Arraial do Cabo (RJ)
Dez paraísos brasileiros para você remar
A fama de “Caribe Brasileiro” de Arraial do Cabo faz total sentido. Foto: Jorge Porto

Arraial do Cabo sem dúvida faz jus à fama de “Caribe Brasileiro”. Vai ser difícil você encontrar águas mais azuis do que lá para remar.

A região é também muito procurada por mergulhadores por conta do fenômeno da ressurgência, que traz para a superfície águas profundas ricas em vida marinha. A fartura de alimento transforma Arraial em um dos melhores pontos de mergulho do país, com águas claras e muita vida.

Quem rema por lá, não raro, é acompanhado por golfinhos, arraias e até baleias!

Existem praias urbanas e outras mais preservadas como as que compõe o Parque Estadual da Costa do Sol.

Fernando de Noronha (PE)
Dez paraísos brasileiros para você remar
Que tal uma remada de OC-6 em Fernando de Noronha? Foto: Petrus Noronha / @noronhavaa

Fernando de Noronha é outro lugar que dispensa apresentações. Conhecido como o “Havaí Brasileiro” por conta de suas ondas e beleza, o arquipélago, que pertence ao estado de Pernambuco, está sendo cada vez mais explorado por remadores.

A remada, porém, só é permitida fora da área fora do Parque Nacional de Fernando de Noronha, por isso, é bom se informar com a administração do Parque antes de sair remado pela ilha.

O Va’a já chegou a Noronha e é possível agendar remadas com a galera do Noronha Va’aImua Noronha ou Noronha Canoe Clube.

Conhece outros paraísos brasileiros que valem a pena ser remados neste verão? Então, conta pra gente: [email protected].

E se você precisa de alguma dica sobre como viajar para algum desses (e outros) lugares, nossa dica é a Widex Travel, agência de viagens especializada em esportes de água.

Aloha!

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.

  • Mar e mana quadrado
    Paddles quadrado

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.