Leco Salazar fica com o bronze e Brasil termina Mundial da ISA em 5° lugar

Leco Salazar conquista a medalha de bronze no Mundial da ISA em uma final de tirar o fôlego; Brasil encerra participação com a 5ª colocação no quadro geral de medalhas
Leco Salazar fica com a medalha de bronze no Mundial da ISA. Foto: Sean Evans / ISA

O brasileiro Leco Salazar acaba de conquistar a medalha de bronze no Mundial de SUP e Paddleboard da ISA, em final realizada no point break de Sunzal, El Salvador.

Em meio a ondas com cerca de um metro, já bastante prejudicadas pelo vento maral, Salazar enfrentou Airton Cozzolino (ITA), Ben Carpentier (FRA) e Riki Horikoshi (JAP).

Editorial: Lições que podemos aprender com o Mundial da ISA

Horikoshi, apontado como uma das revelações deste mundial, foi quem abriu a bateria, mas, uma sucessão de escolhas de ondas ruins acabaram por deixar o japonês distante da briga pelo ouro, que ficou concentrada entre Leco, Airton e Carpentier.

Os três alternaram a liderança ao longo dos 20 minutos de bateria. Leco teve um início forte, fazendo um 7.07. Uma nota que apesar de boa, não deixou de causar surpresa, uma vez que indicava uma pontuação maior, principalmente porque Cozzolino, logo em seguida, em uma onda com tamanho inferior e com menor variação de manobras, recebeu uma nota 7.50 do juízes.

Benoit Carpentier mundial da ISA
Benoit Carpentier fica com a medalha de ouro. Foto: Sean Evans

Enquanto isso, e polêmicas à parte, Ben Carpentier ia construindo seus scores onda a onda. Em um mar já bastante prejudicado pelos ventos e pela maré, a estratégia do francês acabou funcionando muito bem.

Com cerca de dez minutos para o término, Cozzolino, conseguiu ampliar sua vantagem na primeira colocação até que Carpentier, a cerca de cinco minutos para o término da disputa, em uma onda, de fato, muito bem surfada, recebeu uma nota 8.90 dos juízes, assumindo a liderança.

Nos instantes finais, Leco ainda surfou uma última onda intermediária, lapidada com precisão, tanto na variedade de manobras, quanto na verticalidade, porém, a onda não ofereceu a pista necessária para uma virada de placar.

Ao final da disputa, o brasileiro ficou com a terceira colocação conquistando a medalha de bronze para o Brasil.

Ben Carpentier ficou com o ouro, Airton Cozzolino com a prata e Riki Horikoshi com a medalha de cobre.

Justine Dupont surfando no Mundial da ISA
Justine Dupont (FRA) surpreendeu e levou mais um ouro para a França . Foto: Sean Evans / ISA

No feminino a medalha de ouro ficou com a francesa Justine Dupont, seguida por Shakira Westdorp (AUS) com a prata, Iballa Moreno (ESP), com o bronze e Vania Torres (PER) com o cobre.

Os brasileiros Matheus Salazar e Aline Adisaka foram eliminados mais cedo. Os dois caíram nas semifinais da repescagem terminando a competição, ambos, na oitava colocação.

Os resultados das provas de SUP Wave encerraram a rodada de competições da edição de 2019 do Mundial da ISA. Na disputa entre as 27 nações, o Brasil ficou com a quinta colocação no quadro geral de medalhas por uma diferença mínima de 74 pontos da quarta colocada, Itália.

As nações medalhistas foram:

1º França (Ouro) – 15.602 pontos

2º Espanha (Prata) – 13.350 pontos

3º EUA (Bronze) – 12.992 pontos

4º Itália (Cobre) – 11.415 pontos

*5º Brasil – 11.344 pontos

Vídeo das finais

.

O Mundial da ISA em detalhes:

Lições que podemos aprender com o Mundial da ISA
Brasileiros mais perto da medalha
Aline Adisaka e Leco Salazar dão show nas ondas de Sunzal
Leco e Matheus avançam nas ondas de Sunzal
Vinnicius Martins garante o bronze no SUP Race Técnico
Remadores dão show no SUP Race Técnico
Entenda tudo o que aconteceu no Dia 02 do Mundial da ISA
Vinnicius Martins é ouro na Longa Distância
Jessika Moah é prata nos Sprints!
Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.