Expedição Volta a Ilha Grande

Remador prepara 12ª edição da Expedição Volta a Ilha Grande, travessia aberta a diversas modalidades de remo no entorno de um dos mais belos recantos do nosso litoral
remadores de caiaque na ilha grande (RJ)
Ao longo de três dias, os remadores terão contato com paisagens cinematográficas. Foto: Arquivo pessoal

O professor de educação física especialista em Canoagem Olímpica e Oceânica, bem como em Ciências da Performance humana formado pela UFRJ, Ricardo Maia é o coordenador da 12ª edição do projeto “Expedição Volta a Ilha Grande de canoagem oceânica, canoa polinésia e Stand up”.

Trata-se de uma expedição de remada no entorno da Ilha Grande (RJ) que leva comercialmente pessoas comuns e atletas para realizar essa travessia em um dos lugares mais belos de nosso litoral.

As vagas, porém, são limitadas. Ao todo, serão duas canoas OC6 com 11 vagas por data. Já para os remadores individuais de kayaks, surfskis e/ou canoas, haverá 10 vagas disponíveis por data, bem como dez vagas para praticantes de stand up paddle.

mapa de Ilha grande (RJ)
A Ilha Grande (RJ) é mundialmente conhecida por suas belas praias e água cristalina. Foto: Reprodução

Expedição rola em dezembro

A expedição terá duração de três dias percorrendo todas as praias de Ilha Grande. Todos os anos são realizadas três edições. Nesta 12 ª edição a primeira expedição será realizada entre os dias 13, 14, 15 de dezembro; a segunda, entre os dias 10, 11 e 12 de janeiro (2020) e a terceira entre os dias 28, 29 e 01 de março (2020).

Ricardo conta que morou dos 8 aos 18 anos de idade em Angra dos Reis e que tinha a baía da Ilha Grande foi meu quintal:

“Comecei a fazer essa volta ainda com 16 anos, e por uma questão de destino fiz o planejamento todo da viagem. Ao longo dos anos seguintes foram 12 Expedições Volta a Ilha Grande”, revela Ricardo, que é profissional de educação física e já atuou como Diretor de Canoagem Velocidade (Olímpica) e Paracanoagem (Paralímpica) na Fecaerj.

remadores em praia da Ilha Grande (RJ)
Ao longo das remadas haverá pausas para descanso e alimentação, sempre em meio à belas paisagens. Foto: Arquivo pessoal

Confira o itinerário da expedição

Itinerário Dia 01 – 42 km

Saída do Rio de Janeiro de carro até a cidade de Camorim em Angra dos Reis. Preparação dos barcos e equipamentos com objetivo de zarpar rumo a Ilha dos Macacos localizada na ponta direita da Ilha Grande. Pausa para descanso e almoço na praia dos Macacos. Na parte da tarde a maior perna da viagem, cerca de 32km até a Praia do Aventureiro, para janta e pernoite no camping.

Itinerário Dia 02 – 36 km

Saída da Praia do Aventureiro rumo a Praia da Parnaioca. Chegando lá, uma pequena parada para curtir o local com direito a banho de cachoeira. Da Parnaioca os remadores seguirão para a Praia do Caxadaço, onde será feito um descanso, almoço e para os mais aventureiros pular de uma grande pedra em águas cristalinas. À tarde será feita a saída da Praia do Caxadaço com uma rápida parada na Praia do Lopes Mendes, depois seguindo até a Praia de Palmas para janta e pernoite no camping.

Itinerário Dia 03 – 28 km

Saída da Praia de Palmas rumo a Praia da Feiticeira com direito a banho de cachoeiras, visita a Praia do Iguaçu e partida rumo a Praia da Baleia. Lá haverá uma pausa para o almoço e descanso para o último trecho da viagem, passando pelo canal da Ilha dos Macacos, retornando a Praia do Camorim, onde será feita a limpeza dos barcos, arrumação dos equipamentos e partida para o Rio de Janeiro.

expedição volta a ilha grande
Ricardo Maia entre participantes de edição passada da expedição. Foto: Arquivo pessoal

O que está incluído:

– Liderança do brasileiro Ricardo Freitas, remador profissional pela FECAERJ;

– Dois guias assistentes, dependendo do número de clientes;

– Ajuda na compra e aluguel de equipamentos;

– Transporte dos barcos até Camorim | Angra dos Reis;

– Transporte e montagem de barracas, panelas, gás, comida, água em todos os acampamentos;

– Uso de barracas e kit de primeiros socorros em todos os acampamentos;

golfinhos em ilha grande (RJ)
Golfinhos, companheiros de remada. Foto: Arquivo pessoal

Remada poderá ser feita de forma individual ou em revezamento

Os interessados em participar da expedição poderão fazê-la de forma individual ou em revezamento.

Ricardo conta que há seis anos abriu a possibilidade para que a expedição seja realizada em revezamento de três pessoas.

O remador conta que ao longo das onze expedições abertas que realizou, sentiu a necessidade de incluir também seus alunos acima de 60 anos e alguns paratletas treinados por ele nessas travessias, porém, notou que poderia ser muito pesado para esses dois grupos de remadores permanecer muito tempo em cima de suas embarcações.

Então teve a ideia de abrir a remada também na forma de revezamento tendo uma grande aceitação.

Ficou interessado? Para mais informações entre em contato com Ricardo Maio pelo Whatsapp (21) 9 99914612.

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.