Raio X dos brasileiros no Mundial da ICF

Direto de Qingdao, China, o capitão Américo Pinheiro avalia quais são as chances de medalha da equipe brasileira no Mundial da ICF.
BRasileiros no Mundial de SUP da China
Um time de peso irá representar o Brasil no Mundial de SUP da ICF: Américo Pinheiro, Lena Guimarães, Vinnicius Martins, Tuca Santacreu e Jessiak Moah.

A partir desta sexta-feira (25) vamos ver a primeira edição de um campeonato mundial de SUP organizado pela federação internacional de canoagem, a ICF e há uma grande expectativa da comunidade em torno da realização desse evento.

Leia mais: Nações “novatas” fazem sua estreia no mundial de SUP da ICF

Os brasileiros estão chegando aqui aos poucos aqui na China. O Tuca Santacreu foi o primeiro brasileiro a chegar. Depois viemos eu, Lena e Vinni, no dia 21, e ontem chegou a Jessikah Moah.

Estamos impressionados com a grande quantidade de atletas presentes. Muito se especula sobre o teria levado tanta gente a Quingdao, sede do evento, para competir. Alguns vieram atraídos pela excelente premiação em dinheiro; outros em busca de um título mundial e outros movidos pela curiosidade em ver de perto como a ICF irá se sair organizando seu primeiro mundial de stand up paddle.

Esse é um evento aberto, ou seja, não precisa de uma classificatória para participar, como no caso do Mundial da ISA, onde é necessário que cada país faça uma seletiva para formar sua equipe.

remadores treinam para o mundial da ICF em quingdao
Remadores treinam para o mundial da ICF na raia do evento em Qingdao. Foto: Reprodução/ ICF

Aqui a história é diferente, e por sinal o Brasil será representado por sua equipe número 01.

A prova começa na sexta-feira com a Race Long Distance; no sábado vão rolar as provas de Sprint e no domingo as provas de Race Técnico.

Para prova de Sprint nós estamos com os dois melhores atletas que temos nessa categoria, treinados para essa situação: o Tuca Santacreu e a Jessika Moah.

Os dois estão muito focados nessa prova e não irão participa da prova de longa distância, que será de 18 km, para se pouparem para o Sprint. Na minha opinião, ambos são favoritos à medalha de ouro.

Certamente podemos ter surpresas, por ser esse um evento da ICF que atraiu nomes de peso da canoagem, que mesmo sem experiência no SUP Race, podem dar trabalho. Mas, eu continuo apostando minhas fichas para que o Tuca e a Moah fiquem com o ouro nessa prova.

Américo Pinheiro e Lena Guimarães na China
Américo Pinheiro e Lena Guimarães fazem o reconhecimento da Raia do Mundial de SUP na China.

A Lena e o Vinnicius Martins irão participar das provas de Longa Distância e do Race Técnico. Eles vão ter mais trabalho, pois a maioria dos nomes de peso do cenário internacional que irão competir aqui vão participar dessas provas.

Vai ser briga de cachorro grande, mas tanto a Lena, quanto o Vinni, estão entre os favoritos.

Todos os brasileiros irão competir com suas próprias pranchas, mas a Lena infelizmente vai usar uma prancha diferente daquela que lhe rendeu a medalha de ouro no Pan. (Atualização: Após publicar essa matéria, recebemos a informação de que Jessika Moah não conseguiu embarcar com sua prancha e, portanto, irá competir com uma prancha emprestada).

O SUP dela veio de contêiner, direto da Europa, enviado pelo patrocinador. Porém, para nossa surpresa, quando fomos buscá-la, percebemos medidas diferentes daquela que a Lena está acostumada a usar. Uma prancha mais larga, boa para condições mais extremas, o que não vai ser o caso dessa raia de Quingdao, então, a Lena perde um pouquinho de vantagem por conta de estar com uma prancha que não seria a dela em especial.

Mas ela está tranquila. A Lena tem essa característica de se adaptar aos equipamentos que tem, sem que isso atrapalhe a sua concentração.

E, por último, também irei participar do Mundial competindo na categoria Master. A princípio, eu viria cadastrado como técnico. Porém, na hora de levantar a papelada necessária para obter o visto para a China, percebi que seria bem mais fácil viajar como atleta e resolvi que após quatro anos sem competir, vou encarar uma prova de SUP race de novo.

Porém, percebi o quão fora de forma que eu estou! (risos) Passei esse tempo treinando as pessoas e agora senti o peso de ficar tanto tempo parado. Mas o meu foco nessa prova será o de me divertir apenas e, claro, ajudar os atletas do Brasil durante as provas.

Mundial da ICF começa nessa sexta-feira

A competição começa na sexta-feira (madrugada de quinta para sexta no Brasil) e vai até domingo (27). O evento será transmitido ao vivo e poderá ser acompanhado aqui no Aloha Spirit Club.

Spread the love

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.