Nações “novatas” fazem sua estreia no mundial de SUP da ICF

Remadores de países sem tradição no stand up paddle participam de treinamento oferecido pela ICF e comenta a expectativa em participar de seu primeiro Mundial de SUP
Jomana Ismail Attia, do Egito, participa de treinamento oferecido pela ICF: “Estou aprendendo muito”. Foto: ICF/ Reprodução

A pouco menos de uma semana para o início do primeiro mundial de SUP da ICF (International Canoe Federation, a entidade divulga os primeiros resultados de seu programa de incentivo para o fomento do stand up paddle em nações sem tradição no esporte, mas que oferecem muito potencial.

Cerca de 20 atletas, representando 14 países onde o stand up paddle é muito pouco difundido, irão participar do Mundial através de uma ação de incentivo da ICF.

Eles estão desde a semana passada participando de um programa oferecido pela ICF em um centro de treinamento olímpico de canoagem localizado nas proximidades de Quingdao, China, que receberá o Mundial de SUP a partir desta sexta-feira (25).

Muitos desses competidores têm pouca experiência com o stand up paddle, mas abraçaram nosso projeto e mostraram muita vontade de aprender e participar do Mundial, e estou ansioso para vê-los competir neste fim de semana”, disse o coordenador do campo de desenvolvimento da ICF, Andrey Kraytor.

Jomana Ismail Attia, do Egito, é um exemplo dos atletas que participam do curso de treinamento. Jomana rema no rio Nilo, no Cairo e no Mar Vermelho, mas nunca teve o apoio para evoluir a um nível mais competitivo.

É divertido, os treinadores são super bons, muito úteis com dicas“, disse Jomana.

Temos treinamento do dia inteiro, em diferentes praias e experimentando as pranchas que estamos usando“, conta a egípcia.

Estou aprendendo muito. No Egito, não temos treinadores, então essa é uma chance de aprender com profissionais. É uma iniciativa muito boa da ICF para realizar este campo de desenvolvimento”, conclui.

Brasileiros entre os nomes de peso confirmados

Arthir Santacreu treinando para o Mundial de SUP da ICF na China
Após o contratempo com a prancha, Tuca Santacreu já está treinando forte em Quingdao. Foto: Reprodução

Esta primeira edição do mundial da ICF vai contar com a participação de nomes de peso do cenário internacional do SUP Race. Na lista de inscritos figuram nomes como o Michael Booth (AUS), a alemã Sonni Honscheid, Olivia Piana (FRA), Fiona Wylde (EUA), Connor Baxter (HAV).

O Brasil será representado pela campeã Pan-Americana Lena Guimarães Ribeiro, Vinnius Martins, Américo Pinheiro, Jessika Moah e o campeão mundial de Sprint Race Arthur “Tuca” Santacreu.

Arthur sofreu om contratempo com a quebra de sua prancha durante a viagem. O brisleiro logo ao chegar precisou correr atrás de um lugar para consertar seu equipamento e passou os primeiros dias treinando com pranchas emprestadas na raia onde será realizada a prova de Sprint Race.

Enquanto minha prancha está consertando… foco na missão!“, disse o brasileiro, forte candidato a conquistar mais um título mundial.

Mundial de SUP da ICF terá transmissão ao vivo

A ICF divulgou hoje que alcançou o número de 200 inscritos representando 41 nações.

A competição começa na sexta-feira (madrugada de quinta para sexta no Brasil) e dura até domingo. O evento será transmitido ao vivo e poderá ser acompanhado aqui no Aloha Spirit Club.

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.