Tom Blake, o marco zero do paddleboard

Tom Blake, o norte-americano que inventou a quilha, câmera aquática e o paddleboard, foi um visionário e um exímio water man
Tom Blake remando de paddleboard
Além de exímio water man, Tom Blake mudou o rumo de esportes como o surfe e o paddleboard. Foto: Tom Blake Croul Family

O waterman Tom Blake, nascido em 1902, além de domínio sobre diversas modalidades aquáticas, como a natação, surfe e paddleboard é também considerado um “engenheiro do mar”.

Desde pequeno, sempre teve admiração pelo lendário havaiano Duke Kahanamoku, considerado o pai do surfe moderno e ajudou a revolucionar o surfe na Califórnia. Os dois viriam a se tornar grandes amigos.

Prova de paddleboard nos anos 50
Prova de paddleboard nos anos 50. Nessa época, todo bom surfista era também um bom paddleboarder. Foto: Reprodução

Em uma época onde ser um bom remador e um bom surfista eram extremamente conexos, nascia um campeonato de remada de prancha batizado de Pacific Coast Surf Riding Championship.

Tom Blake, independente de sua extraordinária habilidade natural, sempre dedicou boa parte de seu tempo a estudar a hidrodinâmica de pranchas. Uma das pranchas que mais apreciava da cultura havaiana era a OLO.

Tom Blake e Duke Kahanamoku no Havaí dos anos 30
Tom Blake (à esq.) e Duke Kahanamoku no Havaí dos anos 30. Foto: Reprodução

Utilizando seu conhecimento e criatividade, Tom Bake aprimorou a OLO, construindo uma prancha oca (a primeira do mundo), com volume interno, tamanho de 16 pés, 54 quilos e uma rabeta pin.

Blake venceu o Pacific Coast Surfrinding Championship com considerável facilidade. O melhor atleta, utilizando uma prancha magnifica, chegou a ser tema de protesto entre os atletas que ficaram para trás.

Analisando tecnicamente, a reivindicação era válida, pois a prancha de Blake era incondicionalmente muito diferente e melhor que a dos adversários.

Invenção da quilha e o primeiro paddleboard

Tom Blake era um engenheiro do mar e suas invenções são influentes até os dias atuais. Foto: Tom Blake Croul Family

Esta prancha é considerada o primeiro paddleboard do mundo e o início da modalidade no segmento esportivo. Além de atleta, Blake era um visionário e patenteou o formato de construção de prancha OCA. O californiano também é o inventor da quilha, mudando para sempre a hidrodinâmica de todas as pranchas do mundo.

No ano de 1932, Blake ousou desafios de longas remadas e se tornou o primeiro homem a cruzar o Canal de Catalina na Califórnia, utilizando um paddleboard.  Anos mais tarde, em 1955 nascia o Catalina Classic Paddleboard e Tom Blake foi o primeiro vencedor do evento que viria a se tornar o mais tradicional do mundo entre todas as modalidades derivadas da remada polinésia.

Ao estudar o shape da prancha construída por Tom Blake, percebemos que ainda é muito semelhante às pranchas de paddleboard dos dias atuais.  Quando analisamos a cultura dos povos vindos do Oceano Pacífico sabemos que os polinésios se locomoviam em pranchas e também em canoas. O que Tom Blake fez foi transformar a tradicional remada de prancha em uma modalidade esportiva.

Homens carregam a réplica de uma prancha OLO
Réplica de uma prancha OLO. Foto: reprodução

Idealizador de eventos, patente de pranchas, inserção de quilhas, construção de pranchas de remada, inventor da proteção aquática para câmera e ídolo dos esportes aquáticos, Tom Blake entre tantas contribuições únicas para a comunidade internacional de surfe e esportes de remada, foi o marco zero do Paddleboard, como o conhecemos hoje.

Aloha

Patrick Winkler

Top Ten ISA Games (campeonato mundial de paddleboard), China 2018

Top Ten ISA Games (campeonato mundial de paddleboard), Dinamarca 2017

Molokai to Oahu, finisher 2017.

Spread the love

About the author

Patrick Winkler

Patrick Winkler

Patrick Winkler foi atleta competitivo da natação em todas as categorias e atualmente se dedica às competições de prone paddleboard e ao free surf. Formado em administração de empresas, ele é editor-chefe da plataforma Swim Channel.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.