Jogos Pan-Americanos | SUP faz sua estreia nesta terça-feira (30)

Luiz Diniz e Nicole Pacelli entram na água nesta terça-feira (30) para representar o Brasil no Jogos Pan-Americanos de Lima na modalidade SUP Wave
Equipe brasileira de surfe. Foto: CBsurf

O surfe fez sua estreia nos Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru, a última segunda-feira (29) e os brasileiros asseguraram vitórias em suas primeiras apresentações nas ondas de Punta Rocas. O paulista de São Sebastião, Robson Santos, venceu o equatoriano Israel Barona, com direito à melhor onda até o momento, 7,5 e a maior média da categoria, 14,5 pontos de 20 possíveis.

Leia mais: Quais as chances de medalha do SUP brasileiro?

Já Karol Ribeiro, de Cabo Frio, superou a panamenha Enilda Alonso, numa decisão apertada – 8,90 a 8,77. Os dois atletas do Time Brasil já avançaram para o Round 2.

No longboard, mais vitórias. Chloé Calmon, do Rio de Janeiro, ficou em primeiro lugar em sua bateria somando 13,07 pontos e Wenderson Biludo, de São Sebastião, ficou com a segunda colocação com a somatória de 10,76 pontos.

SUP estreia nessa terça-feira nos Jogos Pan-Americanos

Nicole Pacelli e Luiz Diniz fazem sua estreia nesta terça-feira nas ondas de Punta Rocas. Foto: Carmelo Seabra

O stand up paddle, que entrou nos Jogos como uma das modalidades de surfe, os campeões mundiais, Luiz Diniz, de Guarujá, e Nicole Pacelli, que também mora em São Sebastião, competem na categoria Stand Up Paddle (SUP) wave, que faz a sua estreia nessa terça-feira (30).

A primeira rodada do SUP Wave masculino entra na água às 17h20 (horário de Brasília – 15h20 horário local) e o Feminino está previsto para às 18h25 (horário de Brasília – 16h25 horário local).

Transmissão ao vivo

Chloé Calmon estreo com vitória no longboard. Foto: Latin Wave/ reprodução

A transmissão ao vivo das competições foi comprada pelas redes de televisão. Como são muitos eventos simultâneos, os canais vão definir dia a dia a programação. A TV Record, que detém a exclusividade de transmissão para o Brasil, promete transmitir todos os eventos, seja na TV aberta (Record), fechada (Record News) ou streaming (Play Plus).

No entanto, mesmo que a tv opte por exibir outra modalidade ao invés do surfe, o site da ISA – isa.org – estará transmitindo as notas ao vivo (sem imagens).

O Time Brasil também conta com Lena Ribeiro, de Arraial do Cabo/RJ, e Vinnicius Martins, de Búzios/RJ, no SUP race. Nesta segunda-feira, o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley, acompanhou as disputas do surf pessoalmente em Punta Rocas, junto com o presidente da CBSurf, Adalvo Argolo, e conheceu de perto toda a grande estrutura criada para a competição.

Vale lembrar que o surfe fará a sua estreia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. No Pan, estão previstos sete dias de disputas, até o dia 4 de agosto. No Peru, o Time Brasil conta com todo o suporte do Comitê Olímpico do Brasil (COB), em parceria com a Confederação Brasileira de Surf (CBSurf), com o apoio de médico, fisioterapeuta, chef de cozinha e até advogado, uma vez que a sede do surfe fica distante da Vila Olímpica e a delegação está instalada na Casa Surf, em Punta Rocas, para facilitar toda a logística nas disputas.

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.