Molokabra promete agitar os mares do Ceará

Competição de downwind nas categorias SUP, Va’a e Surfski acontecerá no final do mês de agosto no litoral do Ceará

Campeão cearense de SUP, Paulo Vasco, embaixador local do Molokabra, está ansioso por dividir sua raia com grandes nomes dos ‘paddle sports’. Foto: Cine Brothers / W2

Os famosos “ventos havaianos” do Ceará prometem entrar mais fortes do que nunca no segundo semestre de 2019 e com isso o Molokabra, que ocorrerá entre 29 de agosto a 1 de setembro em Fortaleza (Ceará), começa a se projetar já em sua primeira edição como um evento que tem tudo para ser um grande sucesso.  

Idealizada pelos diretores da Associação de Stand Up Paddle do Ceará (ASUPCE), a competição é aberta para os atletas do stand up paddle, canoa havaiana e surfski, além do kite surf.

Conhecido como a terra dos ventos, o estado do Ceará apresenta as melhores condições de downwind do Brasil, muito em função da sua posição geográfica, o que favorece um excelente direcionamento e condução dos equipamentos de SUP, va’a e surfski ao longo da costa cearense, entre os bumps oceânicos formados.

Não bastassem as excelentes condições naturais, o que inclui águas mornas, temperatura favorável e sol constante, o estado tem forte apelo turístico, com a cidade de Fortaleza constituindo um dos principais destinos do país, agregando uma eficiente rede hoteleira e excelentes serviços, além, claro, da conhecida hospitalidade da gente cearense.

O experiente Dave Macnight será o embaixador nacional de va’a. Foto: Ale Socci / W2

Procurando levar a experiência adquirida com a realização dos eventos locais, o Diretor da ASUPCE Alexandre Nogueira visualiza o Molokabra como a oportunidade de levar para todo o Brasil a expertise vinda da organização dos circuitos cearense de stand up paddle race e wave nos anos de 2017 a 2019. Segundo o Diretor, dentre erros e acertos, esses anos foram de muito aprendizado e evolução da associação, que hoje congrega mais de 100 filiados ativos e mantém a regularidade dos circuitos, além da realização de diversos eventos promocionais com forte viés ecológico e ambiental, inclusão social e de portadores de deficiências.

Para o Presidente da entidade, Clylton Torquato, a organização não está focada na quantidade de atletas presentes no evento mas principalmente na qualidade com que os mesmos serão acolhidos no Ceará e também a valorização e o retorno aos competidores em termos de oferta de uma boa estrutura organizacional e logística. Para Torquato o atleta que virá fazer o Molokabra não está interessado apenas em ter um bom kit mas principalmente em vivenciar uma experiência de downwind que muito provavelmente ficará marcada para sempre e o papel da organização é oferecer plenas condições de segurança e apoio para que essa experiência seja memorável.

PROVAS

Campeão brasileiro de Surfski, Bruno Machado será o embaixador nacional da modalidade. Foto: Tauã Andrade

O Molokabra será composto de três provas, 5km, 15km e 30km, realizadas em dias seguidos. O ponto de partida será Fortaleza, na enseada do Mucuripe, e as chegadas das provas 2 e 3 serão no vizinho município de Caucaia, respectivamente nas praias de Iparana e na paradisíaca Cumbuco. Quem fizer as três estará participando do “Super Molokabra”, perfazendo um total de 50km de provas.

O Diretor Técnico Carlos Leite sugere aos atletas que possam chegar ao Ceará antes das datas das provas para já vivenciarem e treinarem na própria raia, ambientando-se com as condições locais. Segundo Carlos Leite, chegar no dia da prova diretamente para introduzir pranchas, canoas ou barcos na água não é o ideal pois, diferentemente das provas “convencionais”, há muitas peculiaridades envolvidas com o downwind, uma condição nem sempre reproduzível em outros estados, por isso a recomendação de se chegar antes da competição. Fora isso, prossegue o diretor, também é a oportunidade para os atletas conhecerem as diversas atrações turísticas de Fortaleza juntamente da família e amigos sem a “pressão” da competição ter iniciado. 

EMBAIXADORES

Tetracampeão brasileiro de SUP, Luiz Guida ‘Animal’ é o embaixador nacional da modalidade. Foto: Ale Socci

Além das competições propriamente ditas, embaixadores nacionais ministrarão oficinas teórico-práticas para os atletas inscritos, mais uma inovação da organização e que visa qualificar os atletas participantes com orientações preciosas de grandes nomes nacionais das modalidades contempladas: Luiz Guida Animal (SUP), Dave Macknight (Va’a) e Bruno Machado (Surfski). Enquanto isso, os embaixadores locais Paulo Vasco, Creusa Checoni e José Filho, respectivamente do SUP, Va’a e Surfski, obterão imagens e vídeos dos bastidores dos treinamentos, repassando aos atletas de fora do Ceará todas as dicas de quem rotineiramente realiza os downwinds na raia da competição.   

O Molokabra está inserido na programação de World Beach Sports Brazil (WBS), um multi evento esportivo relacionado à praia e que acontecerá em Fortaleza no período de 23 de agosto a 8 de setembro de 2019.

Informações sobre o regulamento geral da competição, lotes de inscrições, embaixadores, hospedagem e transportadora dos equipamentos acessa molokabra.com.br, as redes sociais do evento ou da ASUPCE.

O Molokabra é organizado pela Associação de Stand Up Paddle do Ceará e WBS, com parceria de projetos da Humanáuticos. Apoio: Iate Clube de Fortaleza. Apoio Institucional: Secretaria Municipal de Turismo de Fortaleza. Hotéis Oficiais: Hotel Vila Azul (Fortaleza) e Kitecabana (Cumbuco). Transportadora Oficial de Equipamentos: Sunset Transboards (SP).

CALENDÁRIO DE EVENTOS ALOHA SPIRIT CLUB

Saiba quando e onde irão rolar os eventos de Water Sports mais bacanas do Brasil acessando nosso Calendário de Eventos AQUI.

Spread the love

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.