Dirigentes da ICF visitam a China e confirmam Qingdao como sede do Mundial de SUP; ISA se mantém em silêncio

Após visita, dirigentes da ICF classificaram a cidade de Qingdao como “local perfeito para um Mundial de SUP”

Praia central de Qingdao que receberá o Mundial de SUP: organizadores prometem logística diferenciada para atletas e público. Foto: Reprodução/ ICF

No mês passado uma comitiva da ICF (International Canoe Federation) viajou a Qingdao, na China, reafirmando a escolha da cidade como sede de seu primeiro campeonato mundial de stand up paddle, confirmando o furo de reportagem do Aloha Spirit Club publicado em março de deste ano.

Durante a visita, o comitê da entidade se reuniu com organizadores locais que trabalharão com a Federação e a Associação Chinesa de Canoagem na organização do evento.

Qingdao foi palco da competição de vela nas Olimpíadas de Pequim em 2008, e muitas das autoridades que trabalharam nesse evento estarão envolvidas com o Mundial SUP da ICF deste ano.

A praia central de Qingdao, onde será montada a arena, está localizada bem no coração da cidade o que, segundo fontes da ICF, visa proporcionar fácil acesso para espectadores e atletas.

Mundial da ICF será disputado em diversas categorias, da Junior à Master +50. Foto: Reprodução

Os organizadores aproveitaram a oportunidade para apresentar o plano de transporte abrangente que será posto em prática na ocasião do Mundial, incluindo ônibus de translado ao Aeroporto Internacional de Qingdao Liuting e transportes diários a partir de hotéis afiliados.

Três hotéis já foram confirmados para o evento, com preços que variam de 35 a 135 euros por quarto duplo, incluindo café da manhã. Já o Aeroporto Internacional de Qingdao é um dos maiores da China e tem voos diretos para várias capitais mundiais.

A ICF anunciou que confirmará em breve o cronograma do evento, bem como colocará no ar um site oficial com todas as informações relevantes sobre o Campeonato Mundial SUP.

Estão previstas disputas nas categorias Júnior, Sub-23, Open, Master 40+ e Master 50+. Haverá também um campeonato mundial de SUP Inflável ​​e uma race de exibição aberta ao público.

O Campeonato Mundial SUP da ICF será realizado de 24 a 27 de outubro.

ISA mantém o silêncio

Fernando Aguerre, da ISA, (à esq.) e Tony Estanguet , presidente do comitê organizador das Olimpíadas de Paris 2024, confirmam a inclusão do surfe nos jogos. Foto: Reprodução

Enquanto a ICF está prestes a realizar seu evento internacional, a ISA (International Surfing Association) ainda mantém o silêncio sobre a realização de seu Mundial, o ISA WSUPP.

Em conversa com a nossa redação, uma fonte ligada à entidade disse que a ISA trabalha para realizar o Mundial deste ano na África do Sul. Porém, questões burocráticas estavam gerando impasses entre entidade e governo local, o que poderia levar até mesmo ao cancelamento do evento em 2019 ou a transferência emergencial para outro país – o que seria muito arriscado.

O fato da entidade até o momento não ter se manifestado quanto a localidade de seu mundial, preocupa e os rumores acerca de um possível cancelamento aumentam.

Por outro lado, a ISA comemorou nessa semana uma importante vitória com a inclusão do surfe nas Olimpíadas de Paris em 2024, um passo importantíssimo para a inclusão definitiva do esporte nos jogos olímpicos.

Os Jogos Pan-Americanos de Lima 2019 fazem parte da estratégia da ISA para a inclusão do SUP nos Jogos Olímpicos. Foto: Reprodução

Esse movimento é especialmente importante para o stand up padd, pois a ISA trabalha para oferecer ao COI um pacote “completo” em relação ao surfe, onde o Longboard e o SUP são apresentados como modalidades derivadas desse esporte e que, portanto, poderiam também ser incluídas nos Jogos.

A inclusão do surfe, tendo o stand up paddle como uma modalidade derivada, nos Jogos Pan-Americanos de 2019, que acontecerão em Lima, a partir de 26 de julho, servirá de laboratório para que essa ideia seja comprada pelo COI (Comitê Olímpico Internacional).

E enquanto nada se define em termos de representatividade global do stand up paddle, ambas as entidades, ICF e ISA, seguem jogando suas cartas na mesa até que o COI decida qual delas será legitimamente reconhecida como entidade máxima a representar o SUP a nível olímpico

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.