Nova geração do SUP Brazuca fala sobre a participação na Carolina Cup

Marcando presença no pódio da Pro Junior, David Leão e Guilherme Cunha falam a experiência adquirida com a participação na Carolina Cup 2019

Pódio da Pro Junior com os brasileiros David Leão (à esq.) e Guilherme Cunha. Foto: Reprodução

No último final de semana atletas do Brasil participaram da renomada Carolina Cup, uma das mais importantes provas de SUP Race de 2019 e também válida como primeira etapa do circuito mundial da APP World Tour.

A nova geração do stand up paddle brasileiro, representada na disputa por Guilherme Cunha (SP) e David Leão (BA), mostrou sua força e fez bonito na categoria Pro Junior.

David Leão foi o vice-campeão da categoria e Gui Cunha ficou com a terceira colocação. A seguir eles falam sobre a experiência de competir entre os melhores do mundo.

DAVID LEÃO, 17 ANOS

David Leão em ação durante a PPG 2018. Foto: Reprodução

Como está sendo a vida aí nos EUA? (Recentemente David se mudou para a Califórnia juntamente com Guilherme dos Reis a convite de seu patrocinador, SIC)

Tem sido uma experiência muito boa. Temos treinado em várias condições, muitas ondas e o clima bem mais seco. Sem contar com a experiência de vida, uma cultura nova e um lugar que respira surfe e esportes de água.

O que achou da Carolina Cup 2019?

Foi bastante dura. A gente esperava que uma grande parte da prova rolasse em condições de downwind, mas no dia o vento não entrou e isso acabou mudando bastante a característica da prova.  Foram 13 milhas de percurso (cerca de 21 km) e 60% da disputa foi no “flat water” com vento lateral, e isso exigiu bastante da condição física. Mas como todo mundo fala, a Carolina Cup não é uma prova fácil!

Você fez uma largada muito boa, mas depois da metade da prova perdeu algumas colocações, o que houve?

Eu larguei bem e me mantive entre os Top 5 até a hora em que nós contornamos os molhes de pedra, mas depois desse trecho as condições ficaram muito duras e eu não consegui manter o mesmo ritmo dos quatro primeiros e acabei ficando um pouco para trás. Depois, no rio, cometi alguns erros táticos e perdi esteiras importantes. Mas essa prova foi muito para eu ver em que preciso melhorar.

Em relação aos Juniores, o que você achou do nível da nova geração do SUP mundial nessa prova?

Na Carolina Cup a categoria Pro Junior larga junto com a Elite (a divisão dessa categoria é feita em paralelo ao resultado da prova), então não consegui prestar muita a atenção nos juniores, mas tinha sim grandes nomes do cenário mundial dos Pro Juniores como o Keoni (Sulpice) do Taiti, o Tayler Bashor, que é daqui da Califórnia, o próprio Gui Cunha, que tá remando muito forte, e mais alguns nomes.

Acho que por ser uma competição muito dura, muitos Juniores acabam descartando a Carolina Cup e optam por treinar para outros modelos de provas.

Mas em relação às categorias Kids e Junior, tinha muita garotada fazendo, principalmente a nova geração local, que aproveita a oportunidade para fazer clínicas com os Pros.

Qual o próximo passo dos Brothers of Paddle no Tour Mundial?

Eu e o Guilherme dos Reis estamos agora focados em participar da London SUP Open,  segunda etapa do APP World Tour que acontece em maio, na Inglaterra.

GUILHERME CUNHA, 16 ANOS

Guilherme Cunha. Foto: Arquivo pessoal

O que achou da Carolina Cup 2019?

Esse ano a competição estava bem técnica e com um nível muito alto entre os competidores.  Evento como sempre muito bem organizado!

Como é encarar de frente as feras do SUP mundial ainda tão jovem?

Eu me sinto muito confortável de estar competindo com atletas de nível tão alto, pois eu tenho apenas 16 anos e ainda não é minha obrigação ganhar deles e sim dos atletas juniores.

Em relação aos juniores, o que você achou do nível da nova geração do SUP mundial nessa prova?

Os juniores estão cada vez mais fortes treinando muito assim como eu. O nível está bem equilibrado, pois não temos nenhum atleta tão disparado na frente. Isso faz com que a disputa nessa categoria seja sempre bem intensa e divertida!

Quais são seus planos pós Carolina Cup?

Provavelmente participarei de mais alguma competição internacional, só não sei qual ainda! Estamos vendo as datas e planejando tudo da melhor maneira possível, de forma que eu não tenha que perder aulas na escola.

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.