Equipes “caseiras” engrandecem a festa na abertura do Aloha Spirit em Ilhabela

Remadores dos clubes de va’a Base Alpha e Paddle Clube, clubes locais de Ilhabela, preparam várias equipes para fazerem bonito na primeira etapa do Aloha Spirit Festival, que rola neste final de semana na praia do Perequê
Base Alpha competirá com nada menos que nove equipes no Aloha. Foto: Fabio Mota

Ilhabela já tem o posto de capital nacional da vela e agora começa a se destacar também em outros esportes náuticos. Entre eles, a canoa polinésia, que cada vez mais ganha espaço nas praias da cidade. O local oferece condições perfeitas para os treinos e a participação de atletas locais vem crescendo nos clubes da modalidade. Não por acaso, a abertura do Aloha Spirit Festival terá uma presença maciça de equipes “caseiras”.

O maior festival de esportes aquáticos do Continente será realizado de sexta-feira a domingo (12 a 14), na Praia do Perequê, em Ilhabela, e tem as provas de va’a, como um dos grandes destaques na programação. Entre as participações, dois clubes de esportes náuticos importantes da Cidade prometem uma grande festa, em várias categorias.

A Base Alpha Outdoor, na mesma Praia de Perequê, competirá com nada menos que nove equipes, entre estreantes, mistas e até super master. O Paddle Club Ilhabela, na Marina Porto Ilhabela, na vizinha Praia de Itaquanduba, terá seis times, entre eles, o campeão master da recente Volta à Ilha de Santo Amaro. Os coordenadores das duas bases falam da satisfação de competir em casa e da importância no evento em Ilhabela.

Paddle Club Ilhabela terá seis times, entre eles, o campeão master da recente VSA 2019. Foto: Reprodução

Marcelo Dias, que comanda a Base Alpha com o multicampeão Paulo dos Reis, o Paulão, destaca a importância de viver essa experiência com seus alunos onde remam todos os dias. “O Aloha Spirit é uma referência e a evolução do esporte, tanto no Brasil, quanto aqui em Ilhabela, passa muito por esse evento, que eu vi o crescimento nesses 11 anos. É muito importante para nós, que estamos situados aqui na praia do campeonato, uma honra poder participar e levar essa experiência para todos os alunos, porque são todos moradores da Ilha, não tem ninguém de fora”, diz.

Alessandro Matero, o Amendoim, um dos mais experientes atletas de aventura do País, ressalta o benefício de seus atletas competirem “em casa” perto dos familiares, amigos. “É o lugar onde treinam, se sentem à vontade. O Aloha é muito importante pela troca de experiência que proporciona, pelo alto nível técnico”, comenta Amendoim, que há dois anos mora em Ilhabela, comandando os treinos do Paddle Club, e também competirá no evento, de surfski.

O Aloha Spirit terá a cerimônia de abertura na sexta-feira (12), às 19 horas, no Espaço Conexões, na arena montada na Praia de Perequê. Além das disputas por equipes, o va’a terá provas individuais e duplas. O evento também contará com natação em águas abertas, surfski, paddleboard, waterman, stand up paddle (SUP) e a beach run, uma corrida de montanha. Fora das competições, vários atrativos e ações ambientais, culturais e sociais.

O Aloha Spirit 2019 tem os patrocínios de Corona (Ambev) e Prefeitura Municipal de Ilhabela. Apoios: Projeto Mares Limpos da ONU Meio Ambiente e Menos um Lixo. Realização: Associação Magna de Desportes e Ecooutdoor com gestão e produção da Intercult e correalização da Secretaria de Turismo de Brasília.

Please follow and like us:

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.