Pelo menos na Inglaterra ISA e ICF juntam forças para a definição do time nacional

Entidades nacionais ligadas às entidades anunciam realização de seletiva para o Mundial da ISA que será realizada durante prova nacional de canoagem chancelada pela ICF
Competidores participam de prova nacional de SUP Race na Inglaterra. Foto: GB SUP National Series

Pelo menos na Inglaterra, a guerra entre ISA e ICF pelo reconhecimento internacional como entidade máxima a reger o stand up paddle parece ter encontrado uma via pacífica de entendimento.

Ambas as entidades, através de suas respectivas federações nacionais de canoagem e surfe, concordaram em juntar forças para a organização de uma seletiva de stand up paddle que definirá a equipe nacional da Grã Bretanha para o Mundial da ISA na modalidade Sprint.

Para tanto, será aproveitada a estrutura de um evento tradicional de canoagem que é realizado anualmente na Inglaterra pela ICF.

A competição acontecerá neste mês de março envolvendo as provas de canoagem, SUP Sprint 200 metros (que servirá de seletiva para o Mundial da ISA) e mais uma prova de SUP Sprint de 500 metros.

A colaboração envolverá cinco órgãos governamentais: GB SUP National Series, British Surfing, British Canoeing (Ligada à ICF), a Associação Britânica de SUP e a Surfing England (afiliada oficial da ISA). No entanto, vale ressaltar que este entendimento ocorreu apenas em nível nacional se sem uma atuação direta da ISA e da ICF.

No Brasil, onde, apesar de todas as dificuldades, contamos com uma confederação própria e um dos mais antigos e bem estruturados circuitos nacionais do mundo, CBSUP e CBSurf (afiliada oficial da ISA) tem um longo histórico de parceria na definição das seletivas para o Mundial e que, mais recentemente vem sendo explorada também na captação de recursos para a participação de eventos ligados ao COI (Comitê Olímpico Internacional) indiretamente, como o Pan-Americano de Surfe e SUP, e diretamente,  como os Jogos Sul-Americanos de Praia.

Já a CBCa (que representa a ICF no Brasil), que no ano passado chegou a cogitar a realização de um Sul-Americano de SUP ligado à ICF em águas brasileiras, mas que acabou não se concretizando, permanece à margem do desenvolvimento do stand up paddle nacional. Situação essa que pode mudar no futuro, no caso de um entendimento entre ISA e ICF, ou no fortalecimento desta no cenário internacional.

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.