Caio Vaz é indicado ao “Wipeout of the Year” da WSL

Vaca sofrida pelo brasileiro em Cloudbreak, que o manteve meses fora das competições, recebe indicação ao prêmio “Wipeout of the Year” (Vaca do Ano) na tradicional premiação para ondas grandes da World Surf League
Caio instantes antes de ser “explodido” pela onda: “Aprender a ter paciência e calma”. Foto: Pompermayer.

O acidente de Caio Vaz em uma das maiores ondulações de todos os tempos de Cloudbreak, Fiji, pode render a ele o prêmio de “Vaca do Ano” no Big Wave Awards.

Poderia ser uma onda para estar entre as melhores do ano, mas está entre as vacas! Só que isso não tira a vontade de vencer!”, brinca Caio, que foi engolido pela onda no dia 26 de maio de 2018.

O episódio acabou rendendo uma fratura no ombro esquerdo e uma desinserção do músculo no osso da parte inferior da coxa esquerda. “Perto do que podia acontecer, foi apenas um arranhão”, relembra Caio.

Soubemos deste swell e parti para a missão ao lado de Felipe Cesarano. A gente chegou bem no dia, o swell foi enorme e fomos de coletes e tudo, preparados para as bombas. Estava muito vento e difícil de pegar as ondas. Depois de duas horas peguei uma onda e em seguida veio essa”.

Quando peguei, embiquei a prancha e a onda me derrubou. Fiquei cinco meses na cadeira de rodas por causa da força dessa onda”, completa o surfista.

Esse prêmio pode render até 4 mil dólares de – um ele já garantiu com a indicação à final – e o vencedor será revelado no fim de abril.

Clique aqui para ver o vídeo do acidente.

Saiba mais sobre o acidente sofrido por Caio Vaz ano passado em Fiji AQUI.

Spread the love

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.