Apesar das baixas, Brasil segue forte no Mundial de SUP Wave

Com a conclusão da fase de repescagem e terceira rodada do Gran Canaria Pro-Am, Mundial de SUP Wave organizado pela APP World Tour nas Ilhas Canárias, equipe brasileira sofre algumas baixas, mas segue forte na competição com atuações épicas
Luiz Diniz fez a maior nota do evento até agora – 9.33 – na batalha épica contra Leco Salazar. Foto: APP World Tour

Na sexta-feira (14) o swell de oeste chegou com mais intensidade à costa de Gran Canaria proporcionando condições bem desafiadoras aos competidores que participaram da fase de repescagem e Round 3 do Gran Canaria Pro-Am, última etapa do Mundial de SUP Wave organizado pela APP World Tour.

O dia começou com as repescagens masculinas, onde os SUP surfistas tiveram que lidar com ondas de oito a dez pés, com formação irregular, em um mar bem mexido e com muita corrente, trouxeram muita dificuldade para os competidores que lutavam para se manter bem posicionados na bancada de esquerda de Playa de las Canteras.

A fase de repescagem foi decidia no formato Homem x Homem dentro de 25 minutos, e os brasileiros Luciano Esteves Martins e Luiz Diniz acabaram se enfrentando na abertura da rodada, com vitória de Diniz. Como somente um avançaria para a próxima fase, Luciano infelizmente deu adeus à competição nessa fase. Já os brasileiros Leo Gimenes e Daniel Ferlin, que também estavam na repescagem, garantiram sua vaga no Round 3 juntando-se à Luiz Diniz, Wellington Reis e Leco Salazar.

Enquanto isso, o destaque da rodada de repescagem foi o francês Benoit Carpentier, dono da maior somatória desta fase: 11.5.

ROUND 3

Leo Gimenes mostra a força da nova geração do SUP Wave brasileiro nas ondas de Las Palmas. Foto: APP World Tour

No Round 3 novamente tivemos o formato Homem x Homem e o grande momento desta fase foi sem dúvida protagonizado pela disputa entre Luiz Diniz e Leco Salazar, dois brasileiros campeões mundiais que deram um verdadeiro show nas ondas de las Canteras.

O placar dessa bateria foi 17.26 de Diniz contra 13.94 de Leco (score que, comparativamente, lhe garantiria a vitória de praticamente todas as baterias da rodada). A disputa foi bem parelha, porém, com um 9.33 de Luiz Diniz, o destino da bateria foi selado a favor do guarujaense e Leco deu adeus à disputa.

Na bateria 8, Wellington Reis teve uma pedreira pela frente enfrentando o francês Benoit Carpentier que veio embalado da repescagem. O Brasileiro, porém, virou a bateria ao completar uma batida espetacular em uma junção pesada formada por um quebra-coco no inside. Wellinton chegou a desaparecer na espuma, mas, quando o brasileiro ergueu-se para demonstrar que havia completado a manobra, a torcida foi ao delírio e ele garantiu sua vaga no Round 4. Mais uma para o Brasil.

SEQUÊNCIA DA MANOBRA DE WELLINGTON REIS – CRÉDITOS AUGUSTO CESAR

Custom Gallery: images not found

Outro brasileiro que mandou muito bem na rodada foi Leo Gimenes. Representando nova geração do SUP Wave brazuca, Leo enfrentou o francês Camille Bouyer e conquistou sua vitória de forma sólida, pelo placar de 9.04 x 7.6.

Por fim, Daniel Ferlin enfrentou o havaiano Mo Freitas na décima bateria da rodada. Dani, porém, não conseguiu repetir o bom desempenho que lhe garantiu o título da Junior Sub-16 e deu adeus à competição.

Devido a restrições de tempo e condições da água, a APP World Tour decidiu não realizar as eliminatórias das mulheres na sexta-feira, que devem voltar à ação no sábado, ou no domingo, a depender das condições do mar.

ACOMPANHE AO VIVO

Para o sábado (15) está programada mais uma rodada com as disputas do Round 4, quartas de final do masculino e, a depender das condições do mar, as disputas do Feminino.

O evento tem transmissão ao vivo aqui no Aloha Spirit Club – Clique AQUI

MELHORES MOMENTOS DO DIA

ACESSE A COLUNA “DIÁRIO DAS ILHAS CANÁRIAS” DE WELLINGTON REIS DIRETO DO FRONT

Mar difícil, mas deu tudo certo no Mundial!

MATÉRIAS RELACIONADAS

Título para Dani Ferlin e primeira rodada do Main Event

Poenaiki Raioha e Izzi Gomez vencem a Expression Session

Mundial deve começar nesta quarta-feira

Please follow and like us:

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.