PASA 2018 | Brasileiros dão show de surfe em dia intenso de disputas

Atletas do Brasil tem dia intenso e muito produtivo no Pan-Americano de Surfe e SUP com direito a vagas nas semifinais do SUP Wave Feminino e Longboard
Aline Adisaka rasga forte na últma bateria do dia, quase anoitecendo em Punta Rocas. Dia intenso, mas muito produtivo para o Brasil. Foto: PASA / Ito Gomez

Um dia repleto de baterias e muito produtivo para a equipe brasileira. Assim foi essa quinta-feira em Punta Rocas, Lima Peru, onde estão sendo realizados os Pan-Americanos de Surfe e SUP.

As ondas, por sua vez, não decepcionaram e quebrar em séries de até seis pés ao longo de todas as disputas, porém, sofrendo variações em sua formação ao longo do dia. Nada que impedisse o show de manobras. Pelo contrário. Da primeira a última bateria do dia, o que se viu foi um bom nível de surfe, mostrando que o surfe e o SUP Wave crescem e revelam talentos em todo o continente americano.

 

Phil Rajzman conquistpur uma das maiores somatórias do dia. Foto: Latinwave

A primeira categoria a entrar na água foi a Open Surfe (shortboard) e os atletas do Brasil mandaram muito bem. Marcos Correa, Alan Freire e Robson Santos e Yagé Araujo, garantiram uma vaga na próxima fase, com destaque para Robson, dono da maior somatória da rodada, 14.50.

Em seguida foi a vez do Longboard Masculino e novamente nossa equipe foi bem. Phil Rajzman e Wenderson de Almeida  garantiram uma vaga na semifinal e novamente com direito ao maior score da rodada: 15.77 de Phil.

As mulheres do Longboard foram as próximas a entrar em ação e novamente a equipe brasileira foi destaque: Chloé Calmon e Atalanta Batista também garantiram uma vaga nas semis do Longborard Feminino vencendo suas respectivas baterias e a nota mais alta da rodada ficou com Chloé: 14 pontos.

Izzi Gomez fez o maior score do dia. Foto: Latinwave

E, encerrando o dia de disputas, as menias do SUP Wave entraram em ação já bem no fim de tarde. Na bateria de Aline, o sol já estava se pondo, e as competidoras tiveram que lidar também com a pouca claridade. Sem problemas para nossas que atletas, que mais uma vez mostraram em águas peruanas o alto nível técnico do SUP Wave brasileiro.

Nicole Pacelli no fim de tarde de um dia bem proveitoso para o Brasil. Foto: PASA / Ito Gomez

Nicole Pacelli e Aline Adisaka ficaram com a primeira colocação em suas baterias, mas a somatória mais alta da rodada foi conquistada pela norte-americana Izzi Gomez: Impressionantes 16 pontos, a maior do dia.

VÍDEO DO DIA

SUP RACE TÉCNICO NA SEXTA

Nessa sexta-feira (07) será a vez do SUP Race Técnico entrar na água com as baterias classificatórias para a grande final, marcada para o sábado.

A equipe brasileira de Race é formada por Lena Guimarães Ribeiro, Jessika Moah, Luiz Guida “Animal” e Vinnicius Martins.

Ao longo do dia ainda irão rolar as disputas de Surfe (shortboard), Longboard e SUP Wave. Confira o cronograma AQUI

ACOMPANHE AO VIVO

O evento Pan-Americano de Surfe e SUP pode ser acompanhado ao vivo no AlohaSpiritClub.com.br, mídia oficial do PASA 2018.

MATÉRIAS RELACIONADAS

SUP Wave Brazuca mostra sua força

Competidores recebe inédita preparação olímpica

SUP Wave faz sua estreia nesta quarta

Pan-Americano tem início com boas ondas

Desfile das Nações abre o Pan-Americano

Brazucas desembarcam em Lima

PASA 2018 | Confira a programação

Entrevista com Karin Sierralta, presidente da PASA

 

 

Please follow and like us:

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.