Mundial da ISA | No SUP Wave, brasileiros tem nova atuação de gala

Nicole Pacelli, Caio Vaz e Luiz Diniz vencem suas baterias e Brasil segue forte no Mundial de SUP e Paddleboard da ISA
Nicole Pacelli tem uma atuação irretocável ao longo de suas baterias no Feminino de SUP Wave. Foto: ISA / Sean Evans

O Mundial de SUP e Paddleboard da ISA segue a todo vapor nas ondas de Riyue Bay, na China. As ondas abaixaram um pouco em relação ao primeiro dia, porém, seguem apresentando boa formação, propiciando mais um show de surfe com remos.

Ao longo do sábado (madrugada de sexta, para sábado, no Brasil) foram realizadas baterias no Masculino e Feminino de SUP Wave. E os atletas brasileiros mais uma vez tiveram uma atuação de gala.

No Feminino, foram para a água a primeira e segunda fase do evento principal e a primeira fase da repescagem.

A brasileira Nicole Pacelli, detentora de um título mundial pela APP World Tour e medalhista de ouro no Mundial da ISA, teve logo de cara uma parada dura contra a norte-americana Candice Appleby. Ambas as atletas capitalizaram as atenções da disputa. Nicole sacramentou sua liderança na metade da bateria. Porém, as perigosas investidas de Candice só tranquilizaram a torcida ao fim da disputa, que contou também com a participação da espanhola Alazne Aurrekoetchea e da russa Mariia Stepanetc.

Nicole venceu pelo placar de 9.66 contra 8.73 de Candice, 7.4 de Alazne e 3.0 de Mariia.

A australiana Shakira Westdrop fez a maior somatória do dia entre as mulheres, mas em seguida caiu para a repescagem. Foto: ISA / Pablo Jimenez

Na segunda rodada da fase 2 do evento principal, a brasileira enfrentou Yuuka Horikoshi (JAP), Kristy Wright (CAN) e Penny Stemmet (SAF) e, sem dar chance para suas adversárias, emplacou a vitória quase colocando suas adversárias em combinação, seguindo assim forte para a terceira rodada do evento principal que deve acontecer na madrugada de sábado para domingo (para quem acompanha pelo Brasil).

Atual medalhista de ouro no Mundial da ISA, Shakira Westdorp (AUS) mostrou também que está em grande fase, surfando a melhor somatória do dia entre as mulheres: 12.67. Porém, a australiana caiu para a repescagem após perder na segunda rodada do evento principal e agora terá uma longa fila de baterias pela frente até conseguir nova chance no evento.

MASCULINO

Luiz Diniz venceu a bateria mais cascuda do dia e segue forte na disputa. Foto: ISA / Pablo Jimenez

No masculino, após a atuação estelar da estreia, Caio Vaz e Luiz Diniz, mais uma vez apresentaram um surfe sólido, atraindo as atenções de toda a praia durante suas baterias.

Marcelo Esquilo, chefe da equipe brasileira, comenta o desempenho de nossos atletas:

“Passada aquela ansiedade de início de bateria, vejo a equipe brasileira mais tranquila na competição. O Caio, o Luiz Diniz e a Nicole estão chamando muito a atenção por aqui. Todo mundo vem falar com eles, olha as pranchas, faz perguntas… É gratificante ver todo esse reconhecimento do outro lado do mundo”, conta Esquilo.

Caio foi o primeiro a entrar na água, na bateria 18 da segunda rodada do evento principal, enfrentando Juan de los Reyez (ESP), Toshihiro Harada (JAP) e Steeve Fleury (SUI), e mais uma vez surfando com muito comprometimento e radicalidade, não economizou repertório para emplacar sua vitória pelo placar de 11 pontos contra os 8.77 do espanhol Juan de los Reyez, segundo colocado na bateria.

Caio Vaz já deixou claro que está 100% recuperado e segue quebrando as ondas ao longo de suas bateria. Foto: ISA / Pablo Jimenez

A recuperação de Caio também tem chamado muito a atenção durante o mundial e o brasileiro já deixou claro que definitivamente está de volta ao jogo. Sorte a nossa!

Atual medalhista de ouro no Mundial da ISA, Luiz Diniz entrou em cena na bateria seguinte que foi uma verdadeira pedreira. O brasileiro enfrentou os franceses Benoit Carpentier e Alexis Deniel e o sul-africano Thomas King na bateria de mais alto nível do dia.

Diniz, no entanto, mostrou sua força logo no início, emplacando um 7.33 em sua primeira onda. Mas a disputa foi dura, com seus adversários também mandando bons scores ao longo de toda a bateria. Porém, somando um 6.77 à sua nota anterior, o brasileiro conseguiu a vitória de forma contundente pelo placar de 14.10 contra 12.87 do segundo colocado Benoit Carpentier.

Harry Maskel (AUS) fez o maior score do dia: 9.5. Foto: ISA / Pablo Jimenez

Para dar uma ideia do nível dessa bateria, Alexis Deniel, terceiro colocado fez 11.64 e Thomas King, 11.50. E se alguém ousava dizer que o ouro de Diniz, ano passado, na Dinamarca havia sido “sorte de principiante”, agora foi obrigado a engolir as palavras.

“Hoje o dia foi legal. Estamos com um saldo positivo. Tanto eu, quanto o Caio e a Nicole passamos em primeiro e seguimos no evento principal. Sigo tranquilo, com a cabeça no lugar, e espero ao longo da competição ir soltando o surfe e fazer boas performances”, disse Luiz Diniz em contato com nossa redação.

Outros destaques do dia foram Harry Maskell (AUS), dono do maior nota do dia: 9.50 e o norte-americano Sean Poynter, que emplacou novamente a melhor somatória do dia: 17.10.

SUP WAVE RETORNA NA MADRUGADA DE SÁBADO PARA DOMINGO

Equipe brasileira comemora os bons resultados no dia 02 do Mundial. Foto: AP

Para quem está acompanhando do Brasil, a competição recomeça na noite deste sábado (24) e avança pela madrugada de domingo, com início previsto para as 22h00 (horário de Brasília).

Nicole Pacelli, Caio Vaz e Luiz Diniz entram na terceira rodada do evento principal. Ao longo do dia também serão realizadas as baterias da repescagem.

ACOMPANHE AO VIVO

O Mundial da ISA tem transmissão ao vivo aqui no AlohaSpiritClub.com.br, mídia oficial do ISA World SUP and Paddleboard Championship. Hainan tem uma diferença de onze horas para fuso horário brasileiro. Portanto, a previsão de início da transmissão será às 22h00 (horário de Brasília).

A equipe do Brasil é comporta por:

SUP WAVE: Caio Vaz, Luís Diniz e Nicole Pacelli

SUP RACE DISTANCE: Vinnicius Martins, Tuca Santacreu, Aline Abad

SUP RACE TÉCNICO: Vinnicius Martins, Guilherme Cunha, Jessika Moah e Isteffani Moraes

SUP SPRINT: Tuca Santacreu e Jessika Moah

SUP JUNIOR: Guilherme Cunha

PADDLEBOARD: Patrick Winker e Jessika Moah

CHEFE DE EQUIPE: Marcelo Esquilo

As competições de SUP Wave irão rolar até o dia 26 de novembro. Em seguida, a partir do dia 27 começam as provas Race. Confira o cronograma:

Local: Riyue Bay

23 de novembro – Cerimônia de Abertura e SUP Wave

24 de novembro – SUP Wave

25 de novembro – SUP Wave

26 de novembro – SUP Wave

27 de novembro – Race Técnico

28 de novembro – Race Técnico

29 de novembro – Dia de descanso

Local: Península Shenzhou

30 de novembro – Sprint Race

1 de dezembro – Race Longa Distância

2 de dezembro – Race de Revezamento e Cerimônia de Encerramento

VÍDEO DO DIA

MATÉRIAS RELACIONADAS

Um balanço do dia 01 do Mundial da ISA

Caio Vaz e Luiz Diniz largam na frente

Nações celebram abertura de Mundial

Vai começar o Mundial da ISA

Brazucas fazem o reconhecimento da área

Brasil preparado para o desafio

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.



error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.