Aloha Spirit Cabo Frio | Balanço do dia 01

Melhores momentos do primeiro dia de disputas do Aloha Spirit Festival, realizado neste sábado (24) Cabo Frio (RJ)
Largada da prova de SUP Race com o visual da Praia do Forte de Cabo Frio. Foto: Luciano Meneghello

Mais uma vez a comunidade dos water sports se reuniu em Cabo Frio (RJ) para a última etapa de 2018 do Aloha Spirit Festival

O maior evento de esportes de água segue surpreendendo e atraindo cada vez mais atletas e mídia. Remadores de várias partes do Brasil e de outros países como Argentina, Chile e Peru, lotaram as areias da Praia do Forte, onde estava montada a arena do Aloha, que teve sua abertura com a prova de Natação águas abertas (1.500 metros), às 7h30, seguida pelas disputas de Va’a OC6 Super Máster Feminino e Masculino, Legend Feminino (10 Km).

SUP RACE

Encerradas essas provas, foi a vez da prova de SUP Race, válida pelo circuito mundial da Paddle League, entrar em cena.

A prova chamou a atenção pela grande quantidade de competidores, mais de duzentos, que protagonizaram uma belíssima largada.

Arena lotada. Foto: Luciano Meneghello

O “Boss Man” Christopher Parker, editor-chefe do site SupRacer.com e um dos diretores da Paddle League, marcou presença no evento para fazer a cobertura internacional e também ver de perto o potencial do Aloha Spirit Festival. Impressionado com a estrutura da arena, Parker postou em seu instagram: “This is a world class event” (este é um evento de nível mundial).

A prova de 10 km era formada por um circuito linear de 3 km, redesenhado a partir do original por conta dos fortes ventos previstos para o dia. Dessa forma, os competidores da Elite fariam três voltas (9 km), indo no downwind e voltando no upwind, enquanto os amadores fariam uma e duas voltas (3 e 6 km), além de um circuito paralelo de 1,5 km para os iniciantes.

O “pega” na linha de chegada entre Guida e Marinho, com Eri um pouco mais atrás. Foto: Luciano Meneghello

Na Elite Race, um pelotão de elite se desenhou logo após a largada formado por Luiz Guida “Animal”, Marinho Cavaco, Eri Tenório, Marcio Adriani e Lucas Belchior.

Já no Feminino, Lena Guimarães largou bem e conseguiu abrir boa vantagem sobre as demais adversárias. Ariani Theóphilo, Dani Paiva e a atual campeã argentina , Juliette Duhaime  seguiram nas primeiras colocações, brigando pela segunda colocação, porém, espalhadas entre o “mar de remadores”.

Enquanto isso, Luiz Guida “Animal”, Marinho Cavaco e Eri Tenório se distanciaram dos demais competidores e passaram a alternar a esteira nas duas últimas voltas.

Luiz Guida “Animal” corre para mais uma vitória. Foto: Luciano Meneghello

A chegada foi bem parelha entre Cavaco e Animal, com Eri um pouco mais atrás. Porém, Guida conseguiu abrir vantagem no Sprint final e quase erra última boia, mas conseguiu acertar a linha a tempo de cruzar a chegada em na primeira colocação. Marinho Cavaco veio logo depois, na segunda colocação, seguido por Eri Tenório, em terceiro.

No feminino, vitória de Lena Guimarães, com Dani Paiva, em segundo lugar e a argentina, Juliette Duhaime, na terceira colocação.

Lena Guimarães, campeã da Elite Feminino. Foto: Luciano Meneghello

No paddleboard, que largou junto com a categoria Race, provavelmente pela primeira vez na história do Aloha Spirit Festival, tivemos somente a participação das mulheres na categoria que foi vencida por Sinara Brito, com Raquel Daoud na segunda colocação.

Outro ponto que vale a pena destacar foi a grande participação de PNEs nessa prova, o que ratifica o caráter inclusivo do festival.

Terminadas as provas de SUP, as canoas voltaram para a água nas categorias OC6 Estreante, seguida pela Master, ambas no Feminino e Masculino (10 Km). Em paralelo a elas a prova de Triatlo Waterman: 500 m de natação, 1.000 m SUP e 1.000 m de paddleboard, com vitória de Claudio Brito e Raquel Daoud.

Christopher Parker (SUP Racer)entrevista Marinho e Eri logo após a chegada. Foto: Luciano Meneghello

MAR GROSSO NA ‘OVERALL’ OC-6

Concluídas essas provas, a foi a vez da aguardada prova de OC6 Overall Feminino, Masculino e Mista (20 Km). A prova teve transmissão ao vivo no melhor estilo “Te Aito”, com um barco acompanhando as canoas por todo o percurso.

O mar estava grosso lá fora, e quem acompanhou a transmissão, pode testemunhar o desafio que os remadores encararam pela frente. Vagas de dois metros e muito vento. A prova, que contou com 27 equipes de várias partes do Brasil, Chile, Peru e Argentina, não foi brincadeira.

Campeãs do SUP Race Elite Feminino. Foto: Reprodução

A equipe Taho’e confirmou seu favoritismo e liderou a disputa de ponta a ponta, porém, seguida pela equipe de Brasília Ava Canoeiros, a equipe nacional do Chile e pela Mauna Loa, de Niterói.

Ao final, vitória da Taho’e, seguida pela equipe chilena, em segundo, e a Ava Canoeiros, que mostrou determinação e talento para remar em condições muito diferentes de sua raia habitual de treinos: o Lago Paranoá.

Equipe Tahoe. Foto: Luciano Meneghello

Na Mista, a vitória ficou com a Maikai Hoa e no Feminino, a vitória ficou com a equipe Odoya, de São José dos Campos, seguida pela prata da casa, “Mana Brasil”.

O Aloha seguiu pela tarde com as disputas de Apneia e as disputas kids na Va’a, OC1 Kids, SUP Kids, SUP Junior, encerrando com a estreia da prova de Beach Run 5 km, coroando um dia de muita competição, mas, principalmente, confraternização, marca registrada do Aloha Spirit Festival.

Mar Grosso na prova de OC6 Overall. Foto: Fabio Mota

Os resultados oficiais de todas as categorias serão postados no site www.alohaspiritclub.com.br e no aplicativo do Aloha Spirit Festival.

DIA 02

O Aloha Spirit Festival recomeça neste domingo com provas de natação, SUP Race Técnico, Apneia, OC1, OC2, V1, Surfski e Surfski Duplo. Veja a programação:

Domingo. Dia 25

6h30 . Abertura da arena

7h30 . Natação Desafio 3.8 K.  classificatória para a prova Aloha Spirit Alcatrazes 3.8k

8h00. Apneia . Prova de abertura

8h30. Apneia. Inicio do aquecimento oficial para os atletas

9h15. Apneia. Primeiro Oficial Top (OT)

10h00. Largada OC1, OC2, V1, Surfski e Surfski Duplo 10Km

11h40. SUP Técnico

Telão bombando a transmissão ao vivo. Foto: Luciano Meneghello

ACOMPANHE AO VIVO

O Aloha Spirit Festival terá transmissão ao vivo no AlohaSpiritClub.com.br a partir das 9h.

MATÉRIAS RELACIONADAS 

Ação ambiental abre o Aloha Spirit Cabo Frio

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.