Show de SUP Wave e Desfile das Nações no dia 01 do Mundial da ISA

Com show de surfe com remos e Desfile das Nações começa, na China, a edição 2018 do Mundial de SUP e Paddleboard da ISA
O tradicional Desfile das Nações marcou a abertura do Mundial de SUP e Paddleboard da ISA. Foto: ISA / Sean Evans

Começou nessa sexta-feira (23), na China, (para o Brasil, na madrugada de quinta, para sexta) a edição de 2018 do ISA World SUP and Paddleboard Championship.

O evento teve sua abertura oficial às 8h30 (horário local) com o tradicional Desfile das Nações, onde os atletas desfilaram representando suas respectivas nações para a realização da cerimônia das areias, onde dois membros de cada equipe subiram ao palco para despejar um pouco da areia de sua praia local em um recipiente de vidro simbolizando a reunião pacífica de nações do mundo através do esporte.

Coube a Aline Abad levar nossa areia durante a cerimônia, enquanto Luiz Diniz foi nosso porta-bandeira.

Caio Vaz está de volta. Foto: ISA/ Jimenez

Os atletas foram recebidos por dignitários que incluíram o membro do Comitê Executivo da ISA, Atsushi Sakai, o Diretor Executivo da ISA, Robert Fasulo, o Presidente do Centro de Gerenciamento de Esportes Aquáticos da China, Li Ruili, o Vice-Diretor do Departamento de Turismo e Cultura e Esportes de Hainan, Gao Yuanyi, o Secretário de Wanning, Zhang Meiwen e o Prefeito de Wanning, Zhou Goaming.

Luiz Diniz a caminho de sua bateria. Foto: AP

Para dar às equipes nacionais visitantes um gostinho da cultura local de Wanning, os competidores e os espectadores foram presenteados com uma exposição tradicional de Wu Shu, artes marciais chinesas e uma apresentação local da Dança de Bambu.

Em seguida, no início da tarde, teve início a primeira fase do SUP Wave, com a presença de dois brasileiros na água nas duas últimas baterias do dia: Luiz Diniz e Caio Vaz. Luiz seria o primeiro a entrar na água, por volta de 6h20 (Brasília), e, na disputa seguinte, seria a vez de Caio.

Confirmando nossa previsão, as ondas de Riyue Bay apresentaram uma melhora significativa, com boa forção e séries de até dois metros que animaram (e muito) os competidores.

O duas vezes medalhista de ouro, Sean Poynter (EUA), foi o dono da maior nota do dia: 9.43, e que culminou na maior somatória também: 17.60, de um total de 20 pontos possíveis.

Mas os brazucas também foram destaque. Luiz Diniz, medalha de ouro na última edição do Mundial da ISA, também teve uma performance impressionante, sendo dono da segunda maior somatória do dia: 17.30 pontos. Com direito a um belo tubo no inside, Diniz enfrentou sem maiores dificuldades o japonês Toshihiro Harada e o Chinês Wen Huang.

Norte-americano Sean Poynter foi dono da maior nota do dia: 9.43. Foto: ISA/ Evans

RETORNO ÀS COMPETIÇÕES

Este mundial tem um sabor muito especial para Caio Vaz, pois marcou seu retorno às competições após um longo período de recuperação por conta da lesão sofrida em Fiji. E para a alegria de nossa torcida, o brasileiro mostrou que está em plena forma, dominando sua bateria praticamente do início ao fim, totalizando 15.26 pontos, contra os 13.37 do sul-africano Thomas King e os 2.83 do chinês Cai Weiliang.

Marcelo Esquilo, chefe da equipe brasileira, comemora ao lado de Caio Vaz o retorno do brasileiro às competições. Foto: ISA/ Gimenez

Entrei em contato com Caio Vaz para saber como era a sensação de vestir a lycra de competição após um processo longo de recuperação:

Muito mais do que o resultado, o fato de ter pego a lycra, entrado na água e surfado a bateria foi muito bom! Quando me lesionei, durante o começo da recuperação, os médicos diziam que eu só iria conseguir voltar a surfar em fevereiro de 2019, mas durante todo o processo, as coisas fluíram muito bem e eu consegui vir pra cá. Então, competir aqui hoje foi especial. A bateria foi maneira, encontrei minhas ondas, mas ainda estou encaixando o surfe. Nos primeiros dias o mar estava bem flat e só subiu hoje, então a gente praticamente não conseguiu treinar nessa onda. Agora é previsão está muito boa para os próximos dias e vamos ter show de surfe por aqui!”, contou nosso campeão.

SUP WAVE RETORNA NA MADRUGADA DE SEXTA PARA SÁBADO

Para quem está acompanhando do Brasil, a competição recomeça na noite desta sexta-feira e avança pela madrugada de sábado, com início previsto para as 22h00 (horário de Brasília), com a primeira fase do Feminino de SUP Wave. A brasileira Nicole Pacelli irá competir na bateria de número 6 enfrentando Candice Appleby (EUA), Alazane Aurekouechtea (ESP) e Maria Stepanect (RUS).

Estão previstas também as disputas de repescagem, segunda e terceira fase do evento principal. No formato do Mundial da ISA, a fase de repescagem avança em paralelo ao evento principal, dando uma segunda chance aos competidores que são eliminados.

Equipe brasileira unida em busca do ouro. Foto: ISA / Gimenez

ACOMPANHE AO VIVO

O Mundial da ISA tem transmissão ao vivo aqui no AlohaSpiritClub.com.br, mídia oficial do ISA World SUP and Paddleboard Championship. Hainan tem uma diferença de onze horas para fuso horário brasileiro. Portanto, a previsão de início da transmissão será às 22h00 (horário de Brasília).

A equipe do Brasil é comporta por:

SUP WAVE: Caio Vaz, Luís Diniz e Nicole Pacelli

SUP RACE DISTANCE: Vinnicius Martins, Tuca Santacreu, Aline Abad

SUP RACE TÉCNICO: Vinnicius Martins, Guilherme Cunha, Jessika Moah e Isteffani Moraes

SUP SPRINT: Tuca Santacreu e Jessika Moah

SUP JUNIOR: Guilherme Cunha

PADDLEBOARD: Patrick Winker e Jessika Moah

CHEFE DE EQUIPE: Marcelo Esquilo

As competições de SUP Wave irão rolar até o dia 26 de novembro. Em seguida, a partir do dia 27 começam as provas Race. Confira o cronograma:

Local: Riyue Bay

23 de novembro – Cerimônia de Abertura e SUP Wave

24 de novembro – SUP Wave

25 de novembro – SUP Wave

26 de novembro – SUP Wave

27 de novembro – Race Técnico

28 de novembro – Race Técnico

29 de novembro – Dia de descanso

Local: Península Shenzhou

30 de novembro – Sprint Race

1 de dezembro – Race Longa Distância

2 de dezembro – Race de Revezamento e Cerimônia de Encerramento

VÍDEOS DO DIA 01

SUP WAVE

CERIMÔNIA DE ABERTURA

MATÉRIAS RELACIONADAS

Caio Vaz e Luiz Diniz largam na frente

Nações celebram abertura de Mundial

Vai começar o Mundial da ISA

Brazucas fazem o reconhecimento da área

Brasil preparado para o desafio

 

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.



error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.