PPG 2018 | Dia histórico para o SUP Race Brasileiro

Gui dos Reis conquista a segunda colocação da Pacific Paddle Games e coloca o SUP race brasileiro no pódio da maior competição de stand up paddle do mundo. 
Entre os melhores. Connor Baxter (1º), Gui dos Reis (2º), Arthur Arutkin (3º) e Lincoln Dews (4º). Foto: Leo Rancich

Os amantes do SUP race mundial tiveram neste domingo (07) um dia daqueles pra guardar na memória. A praia de Doheny State Beach, em Dana Point, Califórnia, recebeu os melhores atletas de SUP race do mundo para o epílogo de uma verdadeira batalha de remos. Estamos falando das finais de SUP Race Técnico da Pacific Paddle Games – PPG encerradas hoje após uma série de baterias de altíssimo nível.

GALERIA DE IMAGENS – AQUI

Para nós, brasileiros, o dia teve um sabor ainda mais especial com a segunda colocação de Guilherme dos Reis na prova. E após a terceira colocação na prova longa, de sábado, Gui definitivamente colocou seu nome entre os grandes do stand up paddle.

A PPG é considerada a mais prestigiosa prova de SUP race do planeta por uma razão: está todo mundo aqui e logo nas primeiras eliminatórias, realizadas no dia anterior, já ficava nítido o alto nível dos competidores.

Um legítima “briga de cachorro grande”. Foto: Reprodução/ PPG

Por esse motivo, os fãs do esporte que puderam acompanhar a prova ao vivo na praia, ou on line, pelas mídias parcerias, como no caso do AlohaSpiritClub, estavam ávidos por ação e confrontos épicos e foi justamente o que encontraram!

Depois de acompanharem duas semifinais eletrizantes, a plateia entrou em êxtase com as finais masculina e feminina, repletas de emoção e momentos adrenalizantes. Na final masculina, logo na primeira volta, onze remadores surfaram a mesma onda rumo à boia de contorno. Enquanto a liderança da prova se alternava a todo o momento.

Connor Baxter e Lincoln Dews repetiram a mesma batalha épica que travaram em 2017, nessa mesma prova técnica, porém, este ano, eles tiveram a companhia do brasileiro Guilherme dos Reis e do Havaiano Mo Freitas, chegando junto e botando pressão a todo momento.

Gui soube se defender muito bem das investidas de Lincoln Dew. Foto: JP Van Swae

O bicampeão brasileiro Guilherme dos Reis, 20 anos, remou como um veterano, chegando a liderar a prova após a segunda volta e, na penúltima, voltou a liderar a prova, dessa vez com folga, porém, surpreendido pela espuma da onda, caiu, permitindo assim novamente a aproximação de Freitas, Baxter e Dews, que emparelharam com o brasileiro para criar uma frenética disputa pela vitória a meia volta do final.

Mas Guilherme dos Reis, mostrando sangue frio e muita técnica, assumiu a segunda colocação até a linha de chegada, logo atrás de Connor Baxter, vencedor da prova, que encontrou uma onda salvadora na reta final. Na terceira colocação veio o francês Arthur Arutkin para fechar o pódio.

Por telefone, Guilherme dos Reis me contou sobre a emoção de ficar em segundo na Pacific Paddle Games entre os melhores do mundo:

Foi alucinante! Peguei terceiro na prova longa, que foi um resultado bem expressivo e vi que tinha chance de melhorar esse resultado na prova técnica e entrei bem focado na disputa. Na primeira bateria eu passei em segundo lugar e o Danny Ching ficou em primeiro.

Na semifinal deste domingo eu passei em primeiro e me mantive super focado. Na final, eu larguei muito bem, com o Mo Freinas em primeiro e eu em segundo. Fui me mantendo no pelotão de elite, entre os sete primeiros, até que após uma montada de boia, consegui surfar uma onda e abrir a liderança. E assim me mantive em primeiro por quase duas voltas. Eles se aproximavam a todo momento, só que eu fui defendendo a minha posição, até que o Lincoln Dews conseguiu chegar junto e a gente foi brigando pela primeira posição.

Ai veio uma onda ele não conseguiu conectar. Eu abri um Sprint e consegui novamente abrir vantagem, mas me desequilibrei e caí. Então me embolei de novo com os caras, mas na última boia, o Connor disparou e eu e o Arthur Arutkin ficamos lado a lado, até que na corrida eu consegui ganhar dele e ficar em segundo na prova. Com esse resultado eu fiquei com a segunda colocação também na overall da PPG. Tô muito feliz! É um resultado muito expressivo. Acho que a ficha ainda não caiu!” disse o nosso campeão.

Connor Baxter mostrou mais uma vez que é “o cara” quando o assunto é Race Técnico. Foto: Reprodução/ PPG

FINAL FEMININA

As mulheres também deram show e protagonizaram uma final incrível. Fiona Wylde, que está em grande fase, largou muito bem, mas com Terrene Black chegando junto a todo momento, enquanto Candice Appleby, que ficou embolada em um pelotão um pouco mais atrás, foi fazendo uma prova de recuperação até se aproximar de Wylde e Black, fazendo crer que esta seria, na verdade, uma final particular entre as três. Ledo engano!

Na metade da segunda volta, Appleby conseguiu alcançar a liderança após se embolar com Fiona, mas Candice, no entanto, mostrando muita técnica no surfe, abriu boa vantagem.

Após o susto na última boia, Candide Appleby vibrou muito com a vitória. Foto: Reprodução / PPG

Enquanto isso, sua companheira de equipe Shae Foudy, superou uma largada ruim e espantosamente alcançou a segunda colocação e quase ultrapassa Candice na reta final ao surfar uma onda intermediária que, no entanto, não foi suficiente para lhe projetar da maneira de que precisava.

Enquanto isso, Appleby que estava com a vitória nas mãos, se embolou na última boia, levando seus fãs na praia à loucura. Candice, porém, recuperou-se no tempo certo para conseguir cruzar a linha de chegada na primeira colocação, garantindo assim o título overall da prova. Shae Foudy ficou em segundo e Fiona Wylde em terceiro, fechando o pódio da final técnica entre as mulheres.

BRAZUCAS EM DESTAQUE

Gui Cunha: Bronze com sabor de ouro no Race Técnico da Pro Junior. Foto: AP

Além de Guilherme dos Reis, outros remadores do Brasil também foram destaque na competição.

Guilherme Cunha foi o terceiro colocado na prova técnica de Juniores. Na final, o brasileiro praticamente liderou do início ao fim, porém, foi ultrapassado na corrida da areia perdendo duas posições. Fosse outro estilo de prova, o resultado poderia ter sido diferente. Uma pena, mas, faz parte da regra da PPG e o bronze de Guilherme é um resultado excelente.

Leo Rancich (à dir) fica com o bronze na Pro Master 40 +. Foto: AP

Nossos outros dois representantes, Leo Rancich e David Leão também marcaram presença no pódio. Leo, mesmo não conquistando resultados expressivos no domingo, conquistou terceira colocação na Pro Master + 40, e David com a segunda colocação na Pro Junior Long Distance, garantiu a medalha de bronze no ranking Overall da Pro Junior.

Brasil muito bem representado na PPG 2018: Leo Racich, Gui dos Reis, Daivid Leão e Gui Cunha representaram na Califórnia. Foto: AP

RESULTADOS ELITE PRO – PPG – DOMINGO

RACE TÉCNICO ELITE MASCULINO
1ConnorBaxter(0:23:41)Hawaii
2Guilherme dosReis(0:23:47)Brazil
3ArthurArutkin(0:23:51)France
4LincolnDews(0:24:09)Australia
5MoFreitas(0:24:27)Hawaii
6MichaelBooth(0:24:44)Australia
7MartinVitry(0:24:52)France
8DannyChing(0:24:53)USA
9TomAuber(0:24:55)France
10DanielHasulyo(0:24:56)Hungary
11CasperSteinfath(0:25:15)Denmark
12TitouanPuyo(0:25:42)France
13BrunoHasulyo(0:25:42)Hungary
14JoshRiccio(0:25:52)USA
15KennyKaneko(0:25:53)Japan
16MattNottage(0:25:54)Australia
17TrevorTunnington(0:25:56)NZ
18Slatertrout(0:25:58)USA
19ChristianAndersen(0:26:00)Denmark
20ZaneSchweitzer(0:26:40)Hawaii
OVERALL MASCULINO
1LincolnDews(Australia)
2Guilherme dosReis(Brazil)
3ArthurArutkin(France)
RACE TÉCNICO ELITE FEMININO
1CandiceAppleby(0:28:35)USA
2ShaeFoudy(0:28:49)USA
3FionaWylde(0:29:29)USA
4TerreneBlack(0:29:54)Australia
5Seychelle(0:30:11)USA
6OliviaPiana(0:30:15)France
7JadeHowson(0:37:42)USA
8MelanieLafenetre(0:30:52)France
9SonniHonscheid(0:31:26)Germany
10AprilZilg(0:31:51)USA
11JordanMercer(0:31:57)Australia
12YukaSato(0:33:45)Japan
13SusakMolinero(0:33:46)Spain
14CaterinaStenta(0:34:25)Italy
15AbbyBaker(0:34:41)USA
16LaraClaydon(0:34:44)Hawaii
17EmmaReijmerink(0:35:24)Netherlands
18ChloeWalkerdene(0:35:47)Australia
19LinaAugaitis(0:36:33)Canada
20JennLee(0:39:01)USA
OVERALL FEMININO
1CandiceAppleby(USA)
2FionaWylde(USA)
3ShaeFoudy(USA)

RESULTADOS COMPLETOS AQUI

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Brasil no pódio da Long Distance

Brazucas na expectativa

 

.

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.