Pailolo Challenge | Samu faz história no Havaí

Equipe brasileira conquista a segunda colocação em icônica prova de va’a realizada neste sábado (15), no Havaí. Saiba mais.
Murilo, Leão, Serginho, Alan, foram acompanhados dos taitianos Aroma Tere e Hirorama Flores, ex integrantes da Shell Va’a. Foto: AP

Os brasileiros da Samu fizeram história neste sábado (15) ao conquistar a segunda colocação* da Pailolo Challenge , incônica competição havaiana de travessia para canoas para seis remadores, de 26 milhas (cerca de 40 km), realizada entre as ilhas de Maui e Molokai.

Equipes de peso marcam presença nesta que é uma das mais respeitadas competições de va’a do mundo, atraindo equipes de diversos países como EUA, Canadá, Austrália, entre outros, dispostas a testar seus limites em excelentes condições de downwind, marca registrada da prova, o que faz da Pailolo ser uma das provas de va’a mais rápidas que existem.

Samu em ação durante a prova. Foto: AP

Murilo, Leão, Serginho, Alan, foram acompanhados dos taitianos Aroma Tere e Hirorama Flores, ex integrantes da Shell Va’a, que representaram a Samu junto aos brasileiros na categoria Iron Va’a, onde não há troca de remadores. Já a primeira colocação da prova ficou com os havaianos da Red Bull Wa’a.

A Samu é considerada a mais forte equipe de V6 do Brasil da atualidade e os brasileiros já conquistaram outros resultados importantes no cenário internacional, como a 10ª colocação na prova de travessia Molokai Hoe, em 2015, também realizada no Havaí.

No entanto, mesmo com toda essa bagagem, os remadores  precisaram recorrer a uma série de ações para viabilizar os custos da viagem e auxílio nas despesas. Felizmente tudo deu certo e eles conseguiram embarcar para o Havaí e conquistar esse belo resultado.

Imua Samu!

*Nota do editor (atualizado terça-feira, 18/09): Logo após divulgada a segunda colocação da Samu, no sábado, os organizadores informaram que poderia haver uma possível alteração no quadro geral, pois constatou-se que haveria uma outra canoa, cujos resultados não haviam sido computados, poderia ter cruzado a linha de chegada na frente da Samu.

Mantendo o respeito ao leitor e à qualidade da informação, que são marca registrada do nosso trabalho com o Aloha Spirit Club, fomos apurando as informações e mantivemos a informação inicial sobre a segunda colocação alertando nossos leitores de que uma possível alteração nos resultados poderia ocorrer.

Assim, após quatro dias de muita informação cruzada, foi confirmada oficialmente a segunda colocação da Samu.

Foi apurado que a canoa que havia chegado à frente da Samu era uma OC6 “Unlimited”, ou seja, uma categoria diferente da Iron (categoria principal na qual a Samu estava participando).

 

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.