Caça comercial de baleias é rejeitada em Florianópolis

Proposta japonesa, que defendia a revisão do regulamento e a liberação da atividade, foi rejeitada em votação da Comissão Baleeira Internacional
Preservação das baleias será prioridade dos 80 países no encontro em Florianópolis. Foto: Heverson Santos

A proposta de liberar a caça comercial das baleias, apresentada pelo Japão durante International Whaling Commission (IWC), que está sendo realizada em Florianópolis (SC), foi rejeitada na manhã desta sexta-feira (14) pela maioria dos países membros do comitê.

Foram 41 votos contrários à caça, de países como Brasil, Estados Unidos e Argentina. Houve ainda 27 votos favoráveis, de países como Japão e Islândia, que têm tradição na pesca dos mamíferos. Duas abstenções também foram registradas, da Coreia do Sul e da Rússia.

“Com a Declaração de Florianópolis, que foi aprovada ontem, as prioridades da comissão foram reorientadas, o foco total é na preservação. Nos últimos anos, o trabalho da comissão foi muito refém dessa proposta de retomar a caça. Agora, teremos mais espaço para trabalhar temas como conservação, poluição e estudar o papel das baleias no ecossistema marinho”, afirmou o diretor do Instituto Baleia Jubarte José Truda Palazzo.

A caça comercial das baleias está proibida há 32 anos, mas o país asiático, defendeu a revisão do regulamento e a liberação da atividade.

A proposta japonesa de liberar a caça incluiria a criação de um comitê de caça sustentável, que estabeleceria cotas para definir quanto cada país poderia capturar por ano. O Japão precisava de 75 % dos votos da comissão para aprovar a caça.

Fonte: G1

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.