Aloha Spirit Brasília – Dia 01

Vitória de Vinnicius Martins e Lena Guimarães e show de remo com Taho’e e Mana Brasil, são o destaque do primeiro dia de disputas do Aloha Spirit Festival, etapa Brasilia, realizado neste sábado, no Lago Paranoá
Vinnicius Martins, Guilherme dos Reis e Luiz Guida “Animal” na briga pela primeira colocação do SUP race. Foto: Naideron Jr.

As margens do Lago Paranoá, no Pontão do Lago Sul, em Brasília (DF), foram palco neste sábado (23) das disputas da segunda etapa do Aloha Spirit Festival 2018.

O maior evento de esportes de Água da América Latina mais uma vez recebeu grandes nomes do va’a, natação em águas abertas e stand up paddle para o primeiro dia de provas, incluindo as aguardadas disputas de race longa distância, válida como segunda etapa do circuito brasileiro de SUP, e a prova Overall de V6, por conta grande quantidade de atletas e equipes de alto nível confirmados no evento.

A arena teve sua abertura às 6h30, com a entrega de kits e às 8h tiveram início as disputas. A primeira prova a entrar na água foi a natação 1500 metros, seguida pelas provas de Va’a OC6 Máster Masculino e Máster Feminino 10 Km, SUP Kids 200 m e Júnior 1.500 m, que rolaram em sequência até a chegada da prova de SUP race 1.5 Km 3 Km 6 Km 9 Km, válida pelo circuito brasileiro profissional e Paddleboard 3 Km.

RACE PRO MASCULINO

Remadores de SUP no momento da largada das categorias amadoras. Foto: Naideron Junior.

A aguardada prova de SUP race, como esperado, reuniu os maiores nomes da modalidade no Brasil, afinal, além de preciosos pontos para a corrida ao título brasileiro de 2018, estava em jogo também pontos na corrida para a definição dos atletas que irão representar nosso país no Mundial de SUP e Paddleboard da ISA, que este ano será realizado no mês de novembro, em Búzios (RJ).

A largada foi dada em conjunto com as categorias Iniciante, Paddle Adaptado, Race Amador 12’6”, Fun Race, Race 14 pés, e Race 12’6” Profissional (e suas subcategorias – Master e Super Master).

Os atletas largaram às 10h competindo em um circuito de 3 km, onde as categorias amadoras fariam uma e duas voltas, e a profissional, três voltas, totalizando 9 km.

Robson “Careca” mais uma vez mandou bem na remada adaptada. Foto: Luciano Meneghello.

Na categoria Profissional, um pelotão formado por Tuca Santacreu, Mario Cavaco, Luiz Guida “Animal”, Guilherme dos Reis e Vinnicius Martins assumiu a ponta logo no início. Durante a primeira volta esses atletas ficaram alternando as posições até que Vinnicus, Guilherme e Animal conseguiram se distanciar dos demais. Eles se mantiveram nessa posição após a primeira volta, e conseguiram abrir boa vantagem sobre os demais.

Um pouco mais atrás vinham Arthur Santacreu e Mario Cavaco, liderando um pelotão que brigava pela quarta colocação.

Enquanto isso, a briga pela primeira colocação tornava-se intensa. Vinnicius e Animal alternavam a todo momento a liderança, enquanto Gui dos Reis ia adotando uma estratégia mais conservadora, mantendo-se na esteira dos dois, mas sem permitir o distanciamento de ambos.

Essa configuração manteve-se até a reta final, quando os três imprimiram cada qual seu Sprint.

A essa altura o vento já soprava de moderado a forte em sentido favorável aos competidores, permitindo condições de downwind, condição na qual Vinnicius é um especialista.

Vinnicius Martins. Foto: Luciano Meneghello.

Para completar, já bem próximo à linha de chegada, Vinni, mostrando uma leitura de água diferenciada, conseguiu “surfar” uma micro ondulação produzida pela lancha de apoio e abriu vantagem em relação a Gui dos Reis e Animal, que travaram um belo duelo pela segunda colocação, ao final, vencido por Gui por uma pequena diferença.

Na quarta colocação chegou Arthur Santacreu seguido por Marinho Cavaco, em quinto.

RACE PRO FEMININO

Entre as mulheres a motivação era a mesma que entre os homens, ou seja, mandar bem no ranking brasileiro e aumentar as chances de integrar a equipe brasileira no mundial da ISA e, claro, fazer bonito em meio ao público que a essa altura lotava a arena do Aloha Spirit.

Bicampeã  brasileira Lena Guimarães mais uma vez fez jus ao seu favoritismo fazendo uma ótima largada, conseguindo desde a primeira volta abrir boa distância entre as demais competidoras.

Lena Guimarães. Foto: Luciano Meneghello.

Um pouco mais atrás de Lena vinham Aline Abad Mota, Jessika Moah e Mara Prado, as três bem emparelhadas, mostrando que a verdadeira disputa nessa categoria seria pela segunda colocação.

Essa configuração manteve-se até o final da segunda volta, quando Moah e Aline conseguiram abrir vantagem sobre Mara Prado.

Enquanto isso, mais à frente Lena seguia firme na liderança e cruzou a linha de chegada com cerca de quatro minutos de vantagem sobre a vice-campeã, Jessika Moah que após uma disputa eletrizante contra Aline Abad, conseguiu conquistar a segunda colocação. Aline ficou com a terceira colocação seguida Mara Prado, em quarto, e Dani Paiva completando o pódio na quinta colocação.

Patrick Winkler, vitória em dose dupla: no paddleboard e no triatlo waterman. Foto: Luciano Meneghello.

No paddleboard, que foi realizado em um circuito de 3 km, a vitória no masculino ficou com Patrick Winkler, entre os homens, e Sinara Brito, entre as mulheres.

Mal o público se recuperava das emoções vividas com as provas de race e paddleboard, entraram em ação as disputas de Va’a OC6 Legend Feminino, Super Máster Feminino e Estreante Feminino 10 Km, Natação Water Relay 5 x 200 m, Va’a OC6 Legend Masculino, Super Máster Masculino e Estreante Masculino.

Depois dessa bateria de provas, foi a vez do Triatlo Waterman, prova que reúne na mesma disputa SUP, paddleboard e natação e, de certa forma, é uma síntese do que representam as disputas do Aloha Spirit, que em dez anos de existência se consagrou como o maior festival de esportes aquáticos da América Latina.

Na água, disputas de alto nível técnico, com o mesmo pódio da prova de paddleboard disputada mais cedo, com vitória de Patrick Winkler entre os homens, e Sinara Passos Brito, entre as mulheres.

V6 OVERALL 

As largadas da V6 são um capítulo a parte. Foto: Luciano Meneghello.

Após essa disputa, outra prova que também era muito aguardada: a Overall V6, prova disputada entre equipes e sem limite de idade, reunindo grandes nomes do va’a brasileiro.

Enquanto o favoritismo pairava sobre as equipes Taho’e e Base Alpha, entre os homens, e Mana Brasil, entre as mulheres, ninguém se surpreenderia se uma equipe de Brasília roubasse a cena, uma vez que os donos da casa vieram em peso para o Aloha, estavam muito bem treinados e conheciam a raia com a palma da mão- literalmente!

Equipe Taho’e. Foto: @mundovaa.

Após a belíssima largada, foi a Base Alpha quem despontou na liderança, porém, após alguns quilômetros na liderança, foram ultrapassados pela Taho’e.

A prova de V6 foi realizada em um circuito de 10 km percorrido duas vezes pelas equipes, totalizando 20 km.

A Taho’e, após ultrapassar a Base Alpha, conseguiu abrir boa vantagem e segurar muito bem a liderança até a linha de chegada, repetindo a vitória conquistada a primeira etapa do Aloha este ano, em Ilhabela.

Equipe Mana Brasil. Foto: @mundovaa.

Na segunda colocação, para a alegria da torcida local, a galera do Ava – Canoeiros do Paranoá, que obviamente foram muito festejados pela torcida. Base Alpha veio logo em seguida na terceira colocação.

Já entre as mulheres, vitória da Mana Brasil, após liderar a prova de ponta a ponta para mostrar porque é considerada a melhor equipe do va’a feminino da atualidade. Na segunda colocação, outra prata da casa: Ava – Canoeiros do Paranoá, seguidos pela Mauna Loa.

ACOMPANHE AO VIVO

As disputas continuam neste domingo (23) com as provas individuais e em dupla de va’a e surfski, natação, apnéia e SUP race técnico com transmissão ao vivo pelo AlohaSpiritClub.com.br.

 

 

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.