Galera rema forte no São Francisco do SUP Race Festival

Largada das categorias 12’6″ e 14′ na Praia da Enseada de São Francisco do Sul. Foto: Luciano Meneghello.

A Praia da Enseada em São Francisco do Sul (SC) recebeu neste sábado a segunda etapa do circuito catarinense de SUP race, o “São Francisco do SUP Race Festival”, evento que reuniu grandes nomes do stand up paddle de Santa Catarina e também de estados vizinhos como Paraná e Rio Grande do Sul.

As disputas tiveram início por volta das 10h com as categorias Kids (100 m), Junior e Iniciantes (800 m). O tempo, que estava bastante chuvoso nas primeiras horas do dia, foi melhorando progressivamente e manteve-se estável a partir do início das disputas – felizmente para o bom público presente que pode acompanhar as provas na beira d’água.

Everton Gonçalves e Thaisy Grawe foram os primeiros colocados na Iniciantes, Valentino de Abajo, vendeu a Junior e Rafa Matozo e Barbara Nunes ficaram, respectivamente, com a primeira colocação da SUP Kids.

Em seguida, houve uma pausa de cerca de duas horas onde atletas puderam repousar e desfrutar da excelente mesa de frutas oferecidas aos competidores com água de coco, sucos e frutas, que se manteve abastecida ao longo de toda prova.

Por volta das 13h30 foi realizado o briefing técnico para as categorias Fun Race, Race Amadora, Race 14 Pés e Race 12’6” (dividida nas categorias Profissional, Master e Super Master).

BICAMPEÃO BRASILEIRO DEU A LARGADA

Da esq. para a dir: Aluã Ferreira, Mara Prado, o bicampeão brasileiro Guilherme dos Reis, que acionou a sirene da largada, e Antonio Gonzaga. Foto: Arquivo pessoal.

A largada, feita logo em seguida, foi dada por uma presença ilustre: o bicampeão brasileiro Guilherme dos Reis, que foi prestigiar a prova acompanhado de atletas de Curitiba (cidade de um de seus patrocinadores), e recebeu o convite para acionar a sirene que deu início à disputa, e aqui vale destacar as condições de raia da baia da Praia da Enseada, abrigada do forte vento sul que a essa altura soprava forte em mar aberto.

Claro que fortes rajadas entravam vez por outra na baia, porém, o potencial de São Francisco do Sul para provas de SUP race ficou mais do que confirmado.

O trajeto era o mesmo para as três modalidades. Um circuito de cerca de 3,4 Km definido por seis boias onde a categoria Fun Race faria uma volta, Race Amador duas e as pranchas 12’6” e 14 pés três voltas.

Andreia Simon Nunes e Igor Eduardo Leites foram os primeiros colocados na categoria Fun Race após concluírem a volta que delimitava o percurso da categoria.

Em seguida, foi a vez da categoria Race Amador definir seu campeão: Alexandre Pedro Nunes (não houve mulheres nessa categoria, infelizmente).

Fun Race e Race Amador. Foto: Luciano Meneghello.

Enquanto isso, disputas eletrizantes iam rolando nas categorias 12’6” e 14 pés, com destaque para a emocionante chegada da 14 pés, quando Roni Guimarães, após liderar a prova desde o início com boa vantagem, viu seus adversários Sidnei Simon e Gabriel Parmera “chegarem junto” na reta final, após uma distração de Roni, que por pouco não erra a boia final.

Os três acabaram chegando bem emparelhados, mas a primeira colocação foi mantida por Roni, seguido por Sidnei na segunda colocação, e Parmeira logo em seguida, em terceiro. A diferença entre os três remadores foi de meros 5 segundos para o delírio da torcida que vibrou muito.

Já na categoria Profissional 12’6”, a expectativa era grande em relação ao pega entre o tricampeão catarinense Antonio Gonzaga e Aluã Ferreira, e a bicampeã Mara Prado e Roseli Novloski. Isso porque Tanto Antonio, quanto Mara, haviam ficado com a segunda colocação na primeira etapa de 2018, que foi vencida respectivamente por Aluã e Roseli.

Porém, logo no início da prova ambos os campeões catarinenses conseguiram largar muito bem e abrir boa vantagem sobre seus adversários.

Chegada de Antonio Gonzaga, primeiro colocado na 12’6″ Profissional. Foto: Andre Leopoldino.

Antonio Gonzaga foi o primeiro remador a cruzar a linha de chegada com uma vantagem de quase quatro minutos sobre Aluã (00:43:29 contra 00:47:13). No feminino Mara também conseguiu a vitória abrindo boa vantagem sobre Roseli, vice-campeã, com uma diferença de quase três minutos (00:48:50 contra 00:51:54).

A briga pelo título catarinense da categoria masculino fica bem interessante agora, com Antonio e Aluã empatados na primeira colocação do ranking. No caso feminino, Mara está na primeira colocação, pois, apesar de empatada em pontos com Roseli, esta não concorre ao título catarinense, pois reside em Guaratuba (PR).

Nas demais categorias da 12’6”, Rubens Vieira ficou com o título da Super Master e Odair Martins foi o vencedor da Master.

No domingo (15) serão realizadas disputas de natação em mar aberto e a divertida disputa de SUP race por equipes (Tag Team) com a presença do bicampeão brasileiro Guilherme dos Reis entre as equipes.

Resultados completos serão em breve disponibilizados no site Paradaesportiva.com.br

Spread the love

About the author

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello

Luciano Meneghello é Editor-chefe do Aloha Spirit Club. Pioneiro na produção de conteúdo direcionado a esportes de água como SUP, va'a e paddleboard, foi fundador da Revista Fluir Standup e do site SupClub e tem artigos publicados em diversos veículos do segmento, como revista Go Outside, Alma Surf, site Waves, entre outros.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.