Marcelo Batata completa a travessia Guarujá x Florianópolis

Após partir do Guarujá (SP) em 27 de março, Marcelo Batata se aproxima da Praia do Jurerê, em Florianópolis, para completar a Expedição Ilha a Ilha na manhã desta sexta-feira, 13 de abril. Foto: Silvia Barreto.

Após 18 dias de aventuras e muita remada, Marcelo Batata concluiu na manhã desta sexta-feira (13) a “Expedição Ilha a Ilha”, desembarcando seu stand up paddle na Fortaleza de São José da Ponta Grossa, Praia do Forte, ao lado da famosa praia do Jurerê, em Florianópolis.

A travessia teve início no dia 27 de março, quando Marcelo partiu da praia do Guaiúba, no Guarujá (SP).  A ideia era remar cerca de 20 km por dia, até chegar a Florianópolis, fazendo paradas estratégicas em pontos do litoral onde pudesse contar com a ajuda de amigos para encontrar abrigo e alimentação.

No mapa estilizado, a dimensão do desafio concluído por Marcelo. Foto: Reprodução/ Google.

Porém, já nos primeiros dias de travessia, após alguns perrengues enfrentados pela arrebentação das ondas no litoral sul de São Paulo, que acabaram por avariar sua prancha, Marcelo optou por fazer parte do trajeto – de Itanhaém a Paranaguá – por terra e por barco.

Missão cumprida. Foto: Arquivo pessoal.

De lá, seguiu por toda costa do Paraná e litoral sul de Santa catarina remando de stand up paddle até chegar à praia de Jurerê na manhã desta sexta-feira.

Para realizar o desafio, Marcelo Batata usou uma prancha race 14 pés com 26 polegadas de largura e um remo da Quickblade, ambos fornecidos pela Gzero, que o apoiou nessa expedição, além de equipamentos básicos de segurança como cordinha, colete, apito, um celular com um carregador e uma capa estanque, fornecidos pela Phonebox Floripa, com o app Sports Tracker instalado para mapear a remada.

As paradas ao longo da expedição em muitos casos foram determinadas durante as remadas, através de atualizações no perfil de Marcelo Batata no Facebook, quando o remador mandava informações sobre sua localização, pedindo apoio a moradores locais.

Independentemente do trajeto percorrido por carro/ barco, que nada mais foi do que uma escolha sensanta pela sua própria segurança, esta é uma das maiores travessias feitas a bordo de um stand up paddle já registradas na história deste esporte no Brasil. Parabéns Guerreiro!

Acompanhe nossas próximas atualizações com mais informações sobre a travessia histórica de Marcelo Batata.

Spread the love

About the author

Da Redação

Da Redação

Aloha Spirit Club é a maior fonte de informação sobre water sports da América Latina. Nossa equipe traz até você conteúdos de qualidade e antenados com as novidades e tendências desse universo.


error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.