O legado de Bob Purdy

Fundador da “Paddle for the Planet” e autor da façanha de remar por mais de 2000 dias consecutivos em nome do meio ambiente, Bob Purdy falece aos 64 anos. Foto: Chris Chaster.

O canadense Bob Purdy, fundador da “Paddle for the Planet” e um dos mais influentes defensores do uso do SUP como instrumento de o ativismo ambiental, morreu na semana passada aos 64 anos após uma batalha contra o câncer.

Purdy ganhou notoriedade no universo dos water sports com o lançamento, em 2015, do documentário “The Paddler Movie”, onde um pouco de sua história é contada permeada por depoimentos de ativistas ambientais e remadores da América do Norte, propondo uma reflexão sobre nossa relação com a natureza.

Ele também foi o criador do “World Paddle for the Planet Day”, remadão anual com edições no Canadá e EUA, sempre tendo uma causa ambiental como tema.

REMAR PARA PRESERVAR

“Remar é uma das coisas que me mantêm equilibrado”, dizia o remador ambientalista, ao explicar as mudanças que o stand up paddle lhe trouxe.

Como forma de inspirar outras pessoas a praticar atividade física ao ar livre e refletir sobre nossa conexão com o meio ambiente, Purdy deu início, em 2011, a um projeto de remar todos os dias, em qualquer condição, para demonstrar, na prática, que podemos nos relacionar com os recursos naturais do planeta de forma harmoniosa.

A ideia das remadas diárias veio em 2010, depois que Bob vendeu uma loja de sua propriedade para um amigo.

“Eu queria combinar o meu desejo de enviar um planeta saudável e vibrante para o futuro com o meu desejo de compartilhar o SUP com a maior quantidade de pessoas possível. No mundo corrido de hoje, nós nos tornamos desconectados da natureza e é essa desconexão que permite que façamos essas coisas malucas que estamos fazendo com o nosso planeta. SUP é uma forma incrível de se reconectar com o mundo natural”, disse Bob Purdy em entrevista à jornalista Thaís Viveiro publicada na extinta Revista StandUp.

Paddler the Movie pode ser conferido no Vimeo.

“Remar é uma das coisas que me mantêm equilibrado”, dizia o remador ambientalista, ao explicar as mudanças que o stand up paddle lhe trouxe.

“Remar me dá a oportunidade de apenas ser. Se eu estou com raiva, eu posso explorar o que é a raiva. Se estou feliz, eu posso apenas ser feliz. Se não estou de bom humor, eu descobri que não fico rabugento ou zangado por muito tempo. A natureza tem a sua forma de equilibrar as coisas.”

Bob Purdy seguiu remando consecutivamente por mais de 2000 dias até ser obrigado a interromper as remadas, em 2016, para o tratamento do câncer.

Ele deixa sua esposa, Sharon, seus familiares e amigos, mas seu legado certamente permanecerá inspirando toda comunidade a seguir seus passos pela preservação do planeta e suas águas.

 

O documentário “The Paddler Movie” está disponível para locação e pode ser assistido na íntegra no Vimeo – Clique AQUI.

 

Aloha Spirit Club é a mais nova plataforma de water sports criada em parceria por João Castro (CEO da Ecooutdoor Sports Business) e Luciano Meneghello (fundador da revista Fluir Stand Up e site SupClub).

 

Spread the love

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.