Expedição Anamauê: Missão cumprida!

Missão cumprida! Francisco Viniegra, Lucas Miom, Ubajara Barbosa, Caio Guerra e Zé Paulo concluem o desafio após 12 dias de remadas a bordo de uma V6. Foto: Reprodução.

Um grupo formado por seis remadores de Niterói, Rio de Janeiro, Santos (SP), Ubatuba (SP) e São Paulo (SP) bateram, esta semana, o recorde nacional de navegação de canoa polinésia no Brasil, durante a Expedição Anamauê concluída dia 08 de janeiro em Santos (SP).

O ponto de partida foi a Praia de Icaraí, em Niterói (RJ), no dia 27 passado, e a chegada, em Santos, cumpriu o cronograma programado, totalizando 12 dias de viagem e cerca de 430 quilômetros percorridos.

O grupo é formado pelo niteroiense Douglas Moura, que participou da Expedição da Independência, em setembro, com a marca de 170 quilômetros, de Conceição de Jacareí (RJ) até Ubatuba; o carioca Francisco Viniegra; e os paulistas Lucas Miom, Ubajara Barbosa, Caio Guerra e Zé Paulo, um dos integrantes da expedição que ostentava o recorde brasileiro com 290 quilômetros entre Paraty e Santos.

Seguindo em uma canoa polinésia modelo V6, sem revezamento e sem barco de apoio, os atletas remaram entre três e oito horas diárias, variando de 30 a 60 quilômetros por dia.

Momento de descanso em uma das paradas, em Ubatuba (SP). Foto: Reprodução.

O trajeto escolhido pela Expedição Anamauê — palavra que significa irmão em tupi e foi escolhida por representar o laço de amizade entre os atletas — passou por fora da Ilha Grande até Ubatuba e depois em direção a Santos. Foram dez pontos de parada no total: Guaratiba; depois Palmas, Aventureiro e Praia do Fora, na Ilha Grande; Martins de Sá, em Paraty; e, já em águas paulistas, seguiu por Ilha do Tamanduá, Perequê, Paúba, Ilha do Montão, Praia Branca, no Guarujá, e finalmente Santos.

Nesses locais, eles tiveram o apoio de moradores para dormir e se alimentar. Mas levaram na bagagem barracas de camping, água e comida para alguma eventual emergência.

A logística foi planejada desde setembro. Foram realizadas reuniões semanais via Skype. Cada um treinou individualmente, mas participaram ainda de uma competição, a Conquista da Coroa, uma volta por Ilhabela (SP), de 90 quilômetros, dia 2 de dezembro. A equipe ficou em segundo lugar.

É possível acompanhar os melhores momentos da expedição na conta do Instragram @anamauevaa.

Parabéns guerreiros!

Fonte: O Globo

Aloha Spirit Club é a mais nova plataforma de water sports criada em parceria por João Castro (CEO da Ecooutdoor Sports Business) e Luciano Meneghello (fundador da revista Fluir Stand Up e site SupClub).

 

Spread the love

error: Entre em contato para ter essa noticia em seu site. Obrigado.